Tempo
|
A+ / A-

Salário mínimo pode perder poder de compra pela primeira vez desde 2013

27 set, 2022 - 08:48 • Olímpia Mairos

Desde esse ano subiu em média 4,8%, representando ganhos de poder de compra acima dos 3%.

A+ / A-

Se as previsões para a inflação se confirmarem, o aumento do salário mínimo não deverá ser suficiente para compensar os aumentos de preços verificados este ano.

O Jornal Público escreve esta terça-feira que os trabalhadores a receber o salário mínimo (705 euros brutos) vão perder poder de compra em 2022, o que não se verificava desde 2013.

Apesar de a remuneração mínima ter aumentando 6%, confirmando-se as previsões de inflação do Governo (7,4%) e do CFP (7,7%), tal vai significar uma perda entre 1,4% e 1,7%.

Esta perda não deverá ser compensada com os aumentos do próximo ano, cuja previsão é de 6,4% (para 750 euros).

Interrompe-se, assim, a tendência de crescimento que se tem registado nos últimos anos. Desde 2013 o salário mínimo subiu, em média, 4,8%, representando ganhos de poder de compra acima dos 3%.

Com a guerra sem fim à vista, a inflação a bater recordes e a ameaça de uma nova crise, também a evolução do salário médio prometida pelo Governo deve ficar condicionada.

Matérias que estarão em análise e debate na reunião da Comissão Permanente de Concertação Social marcada para esta quarta-feira, onde o Governo se comprometeu a apresentar a sua proposta para um acordo de rendimentos e competitividade.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+