Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Debandada da Rússia. Putin fica sem ​McDonald’s, Coca-Cola, Pepsi e Starbucks

08 mar, 2022 - 19:30 • Marta Grosso

Ao 13.º dia de guerra na Ucrânia, multinacionais continuam a suspender a atividade em território russo.

A+ / A-

As multinacionais norte-americanas McDonald’s, Coca-Cola, Pepsi, Starbucks anunciaram esta terça-feira que vão deixar a Rússia.

A empresa norte-americana de ‘fast food’ McDonald’s diz irá fechar temporariamente os restaurantes na Rússia, após intensa pressão para tomar uma posição sobre a invasão russa da Ucrânia.

“Não podemos ignorar o sofrimento humano desnecessário que se desenrola na Ucrânia”, escreve a empresa num comunicado.

A McDonald’s emprega 62.000 pessoas na Rússia e promete continuar a pagar os seus salários.

A decisão de interromper a atividade segue-se a outras medidas semelhantes tomadas por várias empresas internacionais como protesto pela invasão da Ucrânia.

A McDonald’s foi uma das primeiras empresas ocidentais a abrir uma filial na Rússia nos últimos dias da União Soviética. Milhares de moscovitas fizeram fila para experimentar o oeste, quando o primeiro McDonald’s abriu em janeiro de 1990.

As marcas de refrigerantes Coca-Cola e Pepsi anunciaram esta terça-feira que vão deixar o mercado da Rússia.

A Starbucks, a maior cadeia de estabelecimentos de cafetaria do mundo, também decidiu suspender a sua atividade em solo russo na sequência da guerra na Ucrânia.


Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Bruno
    09 mar, 2022 Aqui 08:11
    Afinal nem tudo é mau para a Rússia.

Destaques V+