Tempo
|
A+ / A-

OE2022

Salários. Costa convida setor privado a seguir aumentos na função pública

14 out, 2021 - 12:35 • Eunice Lourenço , Marta Grosso

O primeiro-ministro e o ministro das Finanças apresentam, nesta quinta-feira, o Orçamento do Estado ao grupo parlamentar do PS.

A+ / A-

O setor privado deve seguir a evolução salarial da função pública, defende António Costa.

Na reunião com o grupo parlamentar do PS, nesta quinta-feira, o primeiro-ministro anunciou aumentos de salário para toda a administração pública, que devem também ser vistos como um sinal ao setor privado.

“Os salários terão uma atualização anual que corresponde à soma da inflação de 2020 com 2021 e, por isso, temos esta proposta de atualização em 0,9% de todos os salários da administração pública”, afirmou.

“No conjunto, convém sublinhar que, entre a atualização anual, progressões e promoções o salário no conjunto da administração pública terá um aumento de 2,5%, o que significa um crescimento muito acima daquilo que é a inflação. Mas é também um indicador que damos ao setor privado para que a evolução salarial possa corresponder também àquilo que é a necessidade de uma melhoria geral do rendimento das famílias”, sublinhou o chefe do executivo.

Além de António Costa, participa na reunião com os deputados socialistas o ministro das Finança, João Leão. O encontro está a decorrer na Assembleia da República.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+