Tempo
|
A+ / A-

​IMI. Governo não dá alívio aos proprietários

12 out, 2021 - 01:50 • Sandra Afonso

As taxas mantêm-se, entre 0,3% e 0,45%, de acordo com a proposta de Orçamento para o próximo ano.

A+ / A-

O Impostos Municipal sobre os Imóveis (IMI), praticamente, não sofre alterações na proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), entregue esta segunda-feira na Assembleia da República.

As taxas mantêm-se, entre 0,3% e 0,45%. Serão os municípios a decidir o valor a aplicar, como é habitual.

As novidades são pontuais, como a alteração do prazo para os senhorios declararem ao Fisco as rendas recebidas, que passa para 1 de janeiro a 15 de fevereiro do ano seguinte.

Na segunda avaliação de prédios urbanos, o chefe de finanças é substituído pela Autoridade Tributária como uma das entidades que pode discordar.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+