Tempo
|
A+ / A-

BPP

Onde está João Rendeiro? "Não sei nem quero saber", responde advogado

29 set, 2021 - 22:06 • André Rodrigues

Carlos do Paulo diz que a sua única função é esclarecer o seu cliente dentro da lei e nega que Rendeiro esteja em fuga à justiça. "Não fugiu a nada, saiu livremente do país e não cometeu um único crime. Ele não tem de se entregar na prisão. Não há nada na lei que puna alguém que não se entrega", assegura.

A+ / A-

O advogado de João Rendeiro diz que não sabe onde está o seu cliente e alega que o ex-banqueiro não cometeu qualquer crime ao sair de Portugal.

Em entrevista esta quarta-feira à noite na TVI, Carlos do Paulo disse que fala todos os dias com o seu cliente, mas diz desconhecer qual o seu paradeiro, informação que, segundo diz, não lhe compete saber.

"Não sei onde está João Rendeiro nem quero saber", disse, acrescentando que "a função do advogado é esclarecer o cliente, dentro da lei".

"Se João Rendeiro publica no seu blogue que está fora de Portugal, e que a sua vontade é não vir, e amanhã pode estar às 14h00 para se apresentar, segundo um despacho judicial, depende da esfera jurídica de João Rendeiro. O advogado não tem de saber", frisa Carlos do Paulo.

O advogado do ex-presidente do BPP nega, por outro lado, que o seu cliente esteja em fuga à justiça, uma vez que a não comparência perante o tribunal para aplicação de novas medidas de coação não representa um ilícito.

Carlos do Paulo alega que "João Rendeiro não fugiu a nada, saiu livremente do país e não cometeu um único crime. Ele não tem de se entregar na prisão. Não há nada na lei que puna alguém que não se entrega. O país tem de saber que o que se está a dizer não é verdade. João Rendeiro não praticou nenhum crime, no sentido em que não fugiu à justiça".

Esta quarta-feira, foram emitidos mandados de busca internacionais contra João Rendeiro. Sobre a possibilidade de uma extradição para Portugal, Carlos do Paulo esclarece que "a maior parte dos crimes que constam da lista de crimes das convenções internacionais entre estados, são o terrorismo, o tráfico de droga, os homicídios e os crimes graves. João Rendeiro tem crimes de natureza económica que a maior parte das convenções de extradição não abrange".

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • ze
    29 set, 2021 aldeia 21:58
    Nesta respublica das bananas os criminosos endinheirados de colarinho branco......safam-se sempre!que vergonha .......

Destaques V+