Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Galp

"Criar mais valor". Novo presidente da Galp pede eficiência para poupar custos

08 fev, 2021 - 20:58 • Lusa

Numa carta dirigida aos trabalhadores, Andy Brown pede aos trabalhadores "novas ideias" e que prociurem "oportunidades para criar mais valor (...) "trabalhando de forma eficiente e poupando custos".

A+ / A-

O novo presidente executivo (CEO) da Galp, Andy Brown, apelou aos colaboradores para que procurem “oportunidades para criar mais valor através de novas ideias, trabalhando de forma eficiente e poupando custos”, de acordo com uma carta enviada à equipa.

Na missiva, a que a Lusa teve acesso, enviada no dia em que assumiu o cargo, o gestor deu conta dos desafios que espera enfrentar no seu mandato, salientando que iria precisar da “ajuda” e “apoio" dos funcionários.

Para Andy Brown é importante “em primeiro lugar, trabalhar como uma só Galp, para promover o trabalho em equipa em toda a organização, colocando a empresa em primeiro lugar”, além de “assumir responsabilidade para completar as tarefas” que foram atribuídas “com excelência, mas também procurar oportunidades para criar mais valor através de novas ideias, trabalhando de forma eficiente e poupando custos”.

O CEO disse ainda que é preciso “acolher a mudança” e apelou à equipa para que os seus elementos cuidem do “bem-estar uns dos outros, seja em termos de segurança, saúde ou promoção do equilíbrio entre a vida pessoal e profissional”.

“Estou confiante que, depois deste começo de ano difícil, 2021 será um ano de recuperação, iniciando um retorno à normalidade nas nossas vidas pessoais, mas também a um ambiente empresarial que ajude ao desenvolvimento, fortalecimento e crescimento da Galp”, referiu, na carta, destacando ainda que se sente “um pouco intimidado por ser o primeiro CEO estrangeiro” da empresa.

“Gostaria de ver a Galp não só prosperar durante a transição energética, mas ser também um ótimo lugar para se trabalhar”, salientou, indicando que para “alcançar essa ambição”, irá trabalhar com a Comissão Executiva e com o Conselho de Administração “para definir uma direção clara para a empresa, delegar responsabilidades, estimular o trabalho ágil e digital e acelerar a tomada de decisões”.

O Conselho de Administração da Galp decidiu antecipar para o dia 5 de fevereiro o início de funções do novo presidente executivo, que sucede a Carlos Gomes da Silva, comunicou a empresa ao mercado nesse dia.

"[…] O Conselho de Administração da Galp decidiu antecipar a data de início de funções de Andy Brown para hoje [5 de fevereiro]. O Andy irá liderar a estratégia da Galp como empresa integrada de energia, alinhada com a transição para uma economia de baixo carbono", lê-se no comunicado remetido à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Segundo a petrolífera, a nomeação de Brown como vice-presidente do Conselho de Administração e presidente da Comissão Executiva (CEO) vai ser submetida a ratificação pelos acionistas na próxima assembleia-geral.

Em 12 de janeiro, a Galp comunicou ao mercado a renúncia de Carlos Gomes da Silva a presidente da Comissão Executiva.

Na mesma nota, a Galp informou que Carlos Gomes da Silva "apresentou a sua renúncia aos cargos de vice-presidente do Conselho de Administração" do grupo, bem como "aos demais cargos de administração exercidos pelo mesmo em sociedades ou entidades participadas" pela empresa.

"A intenção de apresentação da referida renúncia foi oportunamente consensualizada" entre Carlos Gomes da Silva e a presidente do Conselho de Administração da Galp, Paula Amorim, "assegurando as condições para uma transição estruturada e com plena normalidade de funcionamento dos órgãos de governo" do grupo, de acordo com o comunicado.

A Galp anunciou ainda, na altura, que, para desempenhar as funções até aqui exercidas por Carlos Gomes da Silva, o Conselho de Administração "deliberou dever ser cooptado o senhor Andy Brown, devendo essa cooptação tornar-se efetiva no dia 19 de fevereiro de 2021".

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+