Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Produção renovável representou 45% da energia consumida entre janeiro e setembro

02 out, 2019 - 17:26 • Sandra Afonso

Entre as energias verdes, a mais utilizada foi a eólica.

A+ / A-

A produção renovável foi responsável por 45% da energia consumida em Portugal até setembro. Ainda assim, o gás natural foi o mais usado, representando 32% do abastecimento nos primeiros nove meses de 2019.

Seguem-se as energias verdes, com a eólica à cabeça, responsável por 24% do consumo, seguida da hidroelétrica (14%).

Só depois surge o carvão, que este ano registou uma queda na produção, sobretudo em agosto, quando "as centrais tiveram a utilização mais baixa de sempre no sistema nacional", indicou a REN - Redes Energéticas Nacionais esta quarta-feira em comunicado. Até setembro, o carvão representou 12% da energia gasta.

Com produção residual surgem ainda a biomassa (5%) e as fotovoltaicas (2,3%). A par disso, Portugal importou 11% da energia consumida até ao final do mês passado.

Em setembro, adianta a REN, o consumo energético diminuiu mais de 3%, devido às temperaturas registadas e aos dias úteis deste ano. Sem este efeito, o recuo é de 1%, pelo que as energias renováveis continuam a ultrapassar as não renováveis no abastecimento.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+