Tempo
|
A+ / A-

Selecção Nacional

Fernando Santos: "Quando o Éder entrou, disse-me 'vou fazer golo'. E fez mesmo"

10 jul, 2016 - 23:03

Seleccionador nacional dedicou a vitória à família e admitiu que a perda de Cristiano Ronaldo, por lesão, foi um momento complicado.

A+ / A-

Fernando Santos, seleccionador campeão europeu, mostrou-se emocionado após a final do Euro 2016.

O seleccionador nacional admitiu, à RTP, que tinha grandes esperanças depositadas em Éder, o herói da final. "Tinha pensado que este podia ser um jogo muito importante para o Éder, pelas suas capacidades. O Cristiano estar fora mudou um bocadinho. A minha primeira aposta foi pôr o Nani na frente, colocando o Quaresma à esquerda, mas na segunda parte, entendi que o Éder era mesmo a pessoa que tinha de entrar. Quando ele entrou, disse-me, 'eu vou fazer golo'. E fez mesmo. Está de parabéns", atirou.

Ronaldo saiu por lesão de forma precoce, mas Fernando Santos preferiu destacar o espírito de equipa do capitão. "Naturalmente, quando perdes o Ronaldo, é um momento que não esperas, é um jogador que pode resolver um jogo a qualquer momento. A vontade dele foi fantástica, tremenda. Ainda tentou duas vezes aguentar mas não deu mesmo. Mas depois foi também tremendo na cabine e no banco, um capitão na verdadeira acepção da palavra".

Nos agradecimentos, o seleccionador não esqueceu o apoio em França. "Não posso esquecer os emigrantes. Ainda hoje aqui no estádio estiveram a apoiar. Quero dizer aos gregos muito obrigado".

Fernando Santos emotivo: "tenho um grupo de jogadores fantástico"
Fernando Santos emotivo: "tenho um grupo de jogadores fantástico"
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Carlos A. C. Andrade
    28 dez, 2016 PONTA DELGADA (ACORES) 02:10
    O nosso Mister, Fernando Santos,foi sem dúvida o responsável máximo, pelo sucesso alcançado pela nossa selecção nacional. O seu profissionalismo, a capacidade de valorizar e potenciar, os pontos fortes da nossa selecção, foram determinantes. O acreditar foi transmitido aos atletas, de uma forma singular e humilde, com um forte sentimento de pragmatismo, alinhado à sua experiência, culminaram no sucesso, ímpar e histórico para o nosso País. Talvez só comparável, aos êxitos alcançados , por Infante Henrique, nos tempos da expansão marítima.

Destaques V+