Tempo
|
A+ / A-

SAD do Benfica avança para a impugnação da constituição como arguido

27 ago, 2018 - 19:41

SAD encarnada foi constituída arguida no caso e-toupeira e esteve presente esta segunda-feira no Ministério Público.

A+ / A-

A SAD do Benfica confirma a constituição de arguida no caso "e-toupeira", admite "avançar para a impugnação" da decisão e pede o "afastamento do magistrado titular do processo".

Em comunicado publicado no site do clube, a SAD do Benfica considera a decisão da constituição de arguido como "ilegal e inconstitucional".

"Inexistem quaisquer factos, circunstâncias e provas que fixem qualquer conexão entre os factos imputados aos funcionários judiciais e a SAD do Benfica, inexiste qualquer facto, circunstância e prova que tenha conexão com os advogados constituídos nos inquéritos em que o Benfica é interessado".

Por estes motivos, a SAD do Benfica admitiu avançar "com a imediata impugnação da constituição como arguido", pois trata-se de uma conduta "colidente com o texto da lei processual e, mais grave, com a própria Constituição da República".

A sociedade anónima do emblema encarnado deixa ainda fortes críticas ao magistrado titular do inquérito, que segundo o clube, não cumpriu os trâmites necessários por lei para a constituição de arguido da SAD encarnada.

Ainda segundo o comunicado, o emblema da Luz avançou com um "pedido de incidente de suspeição sobre o magistrado titular do processo".

"No nosso entender este Magistrado deve ser recusado e, por consequência, ser afastado da titularidade do inquérito", pode ainda ler-se.

O Benfica afasta-se de qualquer contacto entre a SAD e Paulo Gonçalves, assessor jurídico das águias arguido no caso, em matéria relevante ao processo "E-Toupeira", e reitera "a absoluta confiança na sua conduta".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Juíz Vermelho
    29 ago, 2018 Catedral da Luz 12:35
    E quanto ao Cashball, aos 780 mil do EstorilGate, da mala do Marítimo e das "ofertas" do GR do Boavista que resultaram num (sujo) título de Campeão? Não há arguidos nem investigações? O Google Maps só sabe o caminho para a Catedral da Luz, é isso? O Record até badala com entusiasmo que os investidores estão atentos a este "caso" e podem sair... Conversa para boi dormir. Onde andariam os patrocinadores de fcp e scp, depois das escandaleiras de corrupção onde eles estiveram e estão metidos? Este tipo de notícias só tem um propósito. Já repararam que aparecem sempre na véspera de jogos importantes?
  • oliveira
    28 ago, 2018 braga 18:31
    ...e vão escolher o Rangel para juiz
  • Antonio
    28 ago, 2018 pombal 13:11
    Surreal! Por esta lógica os julgamentos de Nuremberga irão ser impugnados e, quiçá as famílias dos condenados indemnizadas. Quem sabe até se Paul Poth, Staline ou mesmo Hitler não terão, eles mesmo, de usufruir da presunção de inocência até ao julgamento e respetiva condenação em tribunal.
  • Atento
    28 ago, 2018 Leça da Palmeira, Matosinhos 08:58
    ... o Paulo Gonçalves nem conhece o Luís Filipe Vieira ... que VIGARISTAS ...
  • Cidadão
    28 ago, 2018 Planeta TERRA 01:48
    Ah ah ah ah ah ah!!!! O mundo ao contrário. Agora os arguidos arrogam-se o poder de pedir "afastamento do magistrado titular do processo". Pois, eles lá sabem. É técnica já experimentada: "ah não... esse arbitro não, que a mim não me dá garantias......" V-E-R-G-O-N-H-A !!!
  • Americo
    27 ago, 2018 Leiria 21:01
    Estilo "sócrates". Sem vergonha........

Destaques V+