A+ / A-

Assunção Cristas segunda em Lisboa: "É uma noite histórica para o CDS"

01 out, 2017 - 21:44

Líder do CDS e candidata na capital feliz com o 2.º lugar que as projecções televisivas lhe dão.
A+ / A-
Assunção Cristas segunda em Lisboa: "É uma noite histórica para o CDS"
Assunção Cristas segunda em Lisboa: "É uma noite histórica para o CDS"

Eleições autárquicas 2017:


"Esta é uma noite histórica para o CDS", afirma Assunção Cristas, que alcançou o segundo lugar nas eleições para a Câmara de Lisboa.

A presidente centrista diz que "os resultados estão à vista". "Queríamos crescer autarquicamente, garantir as nossas cinco câmaras - que estão garantidas e vão ser reforçadas" e, por isso, Cristas reconhece que os "objectivos foram superados".

"Muito obrigado àqueles que confiaram em nós", afirmou na sede do partido.

"Muitos votaram no CDS pela primeira vez. Não vamos defraudar e vamos superar as expectativas. Muito obrigado pela confiança", prosseguiu.

Cristas vai ser vereadora na capital e está para ficar. "Podem contar comigo em Lisboa e no país, podem contar com o CDS, o CDS está forte, está a crescer, começou a crescer nas eleições regionais dos Açores, as primeiras disputadas sob a minha liderança", declarou.
"O meu compromisso com Lisboa, tal como com o resto do país, está para durar", sublinhou.

Assunção Cristas saiu da sede de campanha, no Largo do Caldas, e falou novamente aos apoiantes que estavam à sua espera.

Disse que deu os parabéns ao vencedor Fernando Medina e que o autarca socialista "pode contar com o CDS para uma oposição muito firme e construtiva".

Autárquicas. O terror, a música e o serão esfuziante: cenas de uma noite eleitoral
Autárquicas. O terror, a música e o serão esfuziante: cenas de uma noite eleitoral
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • DR XICO
    02 out, 2017 LISBOA 11:33
    TEM MÉRITO, lá por não se gostar do CDS não se pode deixar de registar o resultado. Tem feito uma oposição responsavel, quer contribuir para os orçamentos tem ideias. Se todas estas propostas são responsaveis ?? mas não é bota abaixo como o PSD que virou PCP do antigamente.
  • Rui
    02 out, 2017 Lisboa 00:45
    Não tem expressão.
  • atila
    01 out, 2017 donas 23:49
    A desfaçatez é tanta que até se consegue transformar derrotas em vitórias. A retornada perdeu as eleições mas, consegue festejar como se tivésse ganho. É um País extraordinário!!!
  • Maria
    01 out, 2017 Lx 22:55
    Viva às fotocópias! Este deve ter pago a pessoal vindo da Inglaterra, França e Alemanha viagens para virem votar.