Tempo
|
A+ / A-

Primeira Liga

Passadeira estendida permitiu "manita" ao dragão

22 set, 2017 - 22:22

FC Porto 5-2 Portimonense. Sete golos em noite de oportunidade para um treino em ritmo competitivo, antes da deslocação ao Mónaco. Portimonense à imagem de Vítor Oliveira? Nada mais falso. Sete jogos, sete vitórias e liderança isolada para um FC Porto que fica à espera do que faça o Sporting em Moreira de Cónegos.

A+ / A-
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • José Armando
    24 set, 2017 Leiria 19:49
    Faço minhas as palavras do jogador portimonense Fabrício: "facilitamos e contra o FCP não se pode facilitar". Fim de citação. Contra o Benfica não facilitaram, se calhar foi por causa das sete/sete horas de viagem de Portimão até ao Porto. Obviamente, saber ouvir as verdades, nunca foi coisa do portismo, quem não é vassalo, é inimigo, gente simples, o tempo das lágrimas ainda não chegou. O FCP não tem estofo para ser campeão, não com a qualidade de jogo que exibe no campo, não na comunicação social vassala. Salvo mais "facilitamos". Pode ser que esteja errado, julgo que depois do próximo domingo ficarei melhor esclarecido, quem sabe se não verei a luz. Em teoria, Mónaco e Sporting são bem melhores que Besiktas, duas excelentes oportunidades para demonstrarem a teoria do acidente contra os turcos.
  • J.Lapo
    24 set, 2017 Grafanil 18:46
    O teu consócio Pedro Guerra não faria melhor. Jornalista da treta sem vergonha.
  • Tiago Santos
    23 set, 2017 Tomar 23:37
    Título mesmo muito mau. No mínimo falta de respeito para com ambos os clubes envolvidos. E já agora, para com o Futebol, o chamado Desporto-Rei. Louvar o anti-jogo, e desprezar quando alguma equipa de menor dimensão joga com fair-play e tenta fazer frente a um grande de olhos nos olhos, é contribuir para o enterro do futebol. Muito mau, senhor jornalista anónimo.
  • Manuel Moreira
    23 set, 2017 Arganil 17:31
    Vergonhoso.. este sr. "jornalista" deve pensar que está a escrever no jornal do clube dos nhagas..! 😱
  • Antonio
    23 set, 2017 pombal 16:04
    As intervenções e referências da RR são quase sempre um insulto aos adeptos do FCP e á sua inteligencia. Depois admiram-se do clima de hostilidade que se vive...
  • Manuel Vila Pouca
    23 set, 2017 Porto 15:23
    Não se pode apelidar de jornalista alguém que escreve uma coisa destas. Jornalista tem ética, profissionalismo, não se deixa trair pelas emoções, cura o despeito e a azia em casa. Não deixa de ser curioso, no dia em que o responsável pelo desporto da RR e um dos seus directos colaboradores, criticam a postura do treinador do F.C.Porto, o site da Emissora Católica, através de uma crónica de pai incógnito, só vem dar razão a Sérgio Conceição. Que tristeza!
  • Frank Jarvas
    23 set, 2017 lx 10:38
    Rádio Renascença Emissora Católica Portuguesa, Padres e benfica....... trio perfeito!
  • Diogo
    23 set, 2017 Ponta Delgada 08:57
    Sr. Jornalista não fique triste. O Futebol Clube do Porto venceu por mérito próprio. Seja sério e isento. Tristes dias vive o jornalismo Português.
  • ricardo
    23 set, 2017 cunha 04:18
    Este jornalista não passa de um padreco frustrado. por isso anda por aqui a largar a sua azia. Aguenta aguenta hossana nas alturas fora de jogo fora de jogo aleluia aleluia
  • Rui Duarte
    23 set, 2017 Quinta do Conde 02:00
    Não entendo porque o título da notícia indica "passadeira estendida", quando na verdade o Portimonense veio ao Dragão jogar de peito aberto, deu boa réplica e teve bons momentos. Efetivamente houve um período de 6 minutos em que a eficácia do Porto penalizou essa atitude, mas no global o Portimonense sai de cabeça erguida e marcou 2 (!) golos no Dragão. O futebol é também um espetáculo e penso que preferia perder 5-2 mas dar boa réplica do que perder 1-0 e uma posse de bola irrelevante ou nem ter oportunidades para marcar. Vamos lá enaltecer boas atitudes das equipas que tentam que o campeonato seja mais espetacular e aberto !

Destaques V+