Tempo
|
A+ / A-

Carros e motas com selos inferiores a 10 euros vão deixar de pagar

01 mai, 2017 - 10:37

Os maiores beneficiados são os proprietários de viaturas matriculadas entre 1981 e 1989 com cilindrada de 1000 centímetros cúbicos e nas motos entre os 120 e os 350 centímetros cúbicos.

A+ / A-

Os automóveis e as motos cujo selo é inferior a 10 euros vão deixar de pagar imposto. É o que resulta das novas regras que impõem um limite mínimo de cobrança de impostos, notícia esta segunda-feira o Diário de Notícias.

Os proprietários de carros e motas que pagam abaixo de 10 euros vão mesmo deixar de pagar. E quem o fez depois de 20 de Dezembro do ano passado vai ser reembolsado.

Os maiores beneficiados são os proprietários de viaturas matriculadas entre 1981 e 1989 com cilindrada de 1000 centímetros cúbicos.

Nesse caso, o cálculo do imposto de circulação é de 7,91 euros.

No caso das motorizadas entre os 120 e os 350 centímetros cúbicos, os valores oscilam entre os 5, 37 euros e os 7,87 euros. Ou seja, abaixo do limite que obriga ao pagamento de imposto de circulação.

E as motorizadas são precisamente as maiores beneficiárias destas novas regras.

Só este ano, até ao fim de Março, foram vendidos mais de 4000 motociclos, metade com cilindrada até 125 centímetros cúbicos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.