Tempo
|
A+ / A-

Web Summit abre "guerra" entre Vodafone e Meo

08 nov, 2016 - 13:12

Paddy Cosgrave imputou os problemas técnicos à Vodafone. A operadora devolve a crítica e diz que a culpa foi mesmo da Meo.

A+ / A-
O "problema técnico" de Cosgrave e o inglês de António Costa
Veja as imagens da organização que, segundo a Vodafone, ilibam de responsabilidades a operadora

Veja também:


É a resposta da Vodafone às declarações de Paddy Cosgrave, o fundador da Web Summit, na abertura do evento, na segunda-feira. Cosgrave teve “problemas técnicos” no seu telemóvel e imputou-os à Vodafone, rejeitando a tese inicial que haveria problemas no wi-fi da Meo Arena. Esta terça-feira, a Vodafone afirmou em comunicado que os problemas só podem ter sido do wi-fi, da responsabilidade da Meo.

“Como é do conhecimento público, a Vodafone não é o operador responsável por assegurar as comunicações do Web Summit. Assim, os problemas técnicos que se verificaram durante a ligação em wi-fi não podem, em qualquer circunstância, ser imputados à Vodafone”, refere a operadora em comunicado.

A sessão de abertura do Web Summit ficou marcada por uma falha técnica que impossibilitou Paddy Cosgrave de realizar uma demonstração. A Vodafone garante que Cosgrave “estava ligado em wi-fi, tal como o vídeo oficial do evento", que a operadora anexa ao comunicado (e que pode ver aqui), "comprova".

“A referência à Vodafone visível no ecrã do telemóvel de Paddy Cosgrave diz respeito à rede móvel em que o equipamento estava registado. No entanto, na altura da demonstração, o fundador do Web Summit estava a utilizar a rede wi-fi disponível no local do evento. Importa reforçar que sempre que o wi-fi está ligado, a utilização de dados nunca é feita pela rede móvel na qual o telemóvel está registado”, acrescenta a nota.

Na segunda-feira, em declarações à agência Lusa, fonte oficial da Portugal Telecom, responsável pelas comunicações móveis na Web Summit, também afirmou que "a questão foi alheia à PT" e que "a primeira tentativa de ligação foi feita através de uma rede móvel de outro operador que não o Meo".

"Na segunda tentativa ligando-se a rede de wi-fi implementada no Meo Arena, o acesso feito foi bem sucedido, tendo conseguido navegar normalmente", disse a mesma fonte.

Cosgrave tentou exemplificar um tutorial sobre o "live streaming" na rede social Facebook, mas o seu telemóvel não respondeu correctamente.

Resolvido o problema, o líder da Web Summit afirmou: "Quero agradecer à Portugal Telecom, peço um forte aplauso. Obrigada Portugal Telecom por fazer funcionar o wi-fi". "Desejo melhor sorte para a Vodafone na próxima vez", atirou.

Esta terça-feira, depois do comunicado da Vodafone, Paddy Cosgrave explicou a sua versão dos factos.

“Eu estava a usar o meu próprio telefone, estava a usar a Vodafone porque sou cliente Vodafone na Irlanda e não posso ligar o meu pacote de roaming à Meo ou á NOS. Estava em cima do palco e não conseguia ligação e a Portugal Telecom e a Cisco – que está a fazer um óptimo trabalho, são responsáveis pelos Jogos Olímpicos. Voltei ao palco, liguei ao wi-fi e não houve problemas”, disse Cosgrave em conferência de imprensa.

[Notícia actualizada às 17h14 com declarações de Paddy Cosgrave]

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • jota
    08 nov, 2016 17:15
    Afinal este grande evento foi de iniciativa de um governo que só faz "porcaria" Será? nao vejo um elogio.é disto que estes gostam papinha feita, e quem os vê até parece que foram eles os mentores da causa.
  • Carlos Tomé
    08 nov, 2016 Penafiel 15:54
    Olha como estão felizes por terem um evento desta grandeza,trazido e arranjado pelo governo do PSD/CDS.É pena o costa falar um inglês da Cova da Moura(agora está na berra) onde o seu inglês é feito de sangue,suor e lágrimas.Mas aqui costa e medina até parecem querer dançar o malhão, arte de ambos na politica, para atacar os adversários.