A+ / A-

Bispo de Leiria-Fátima apela à responsabilidade política na prevenção dos incêndios

12 ago, 2016 - 20:13 • Olímpia Mairos

O Santuário de Fátima doa 50 mil euros para a campanha de angariação de fundos da Cáritas portuguesa.
A+ / A-

D. António Marto apelou esta tarde à responsabilidade dos políticos para uma "política eficaz" de prevenção dos incêndios florestais, defendendo que “o melhor ataque é a defesa”.

"Um apelo à responsabilidade dos políticos, em ordem a uma política eficaz de prevenção, que não fique só nas palavras e nas boas intenções", defendeu o bispo de Leiria-Fátima na conferência de imprensa que abriu a Peregrinação do Migrante e do Refugiado, a decorrer até sábado, no Santuário de Fátima.

A propósito do que considerou ser o "estado de calamidade e emergência nacional provocado pela série de incêndios devastadores", D. António Marto considerou que a prevenção deve estender-se aos cidadãos e a toda a sociedade civil, convidando ao cuidado pelo planeta, a “casa comum".

O bispo de Leiria-Fátima lembrou que o problema dos incêndios se repete todos os anos, sem que se preparem medidas concretas de prevenção que defendam o património e responsabiliza “todos os políticos, incluindo os do Parlamento” na elaboração de políticas concretas.

“Em cima do momento procuramos desenrascar o melhor possível, mas, sem uma política pensada, programada com antecedência”, denunciou o prelado.

“Agora todos falam, todos fazem promessas, mas, depois, esquece-se em pouco tempo”, conclui.

O bispo de Leiria-Fátima solidarizou-se com as famílias das vítimas mortais, recordando também os que perderam as suas casas e bens nos incêndios, e manifestou o seu "reconhecimento" aos bombeiros, autarquias, populações e a todos os envolvidos no combate aos incêndios "até à exaustão física e psicológica".

A concluir a sua intervenção, D. António Marto anunciou um donativo de 50 mil euros do Santuário de Fátima para a campanha de angariação de fundos da Cáritas portuguesa, destinado às vítimas dos incêndios, "não fechando as portas à possibilidade de outro donativo porventura necessário".


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Jesuíno Alves
    09 set, 2016 Rio de Janeiro Brasil 14:47
    Parabenizamos está iniciativa do sr. Bispo D. António Marto, são dessas pessoas que Portugal e o mundo estão precisando.