Tempo
|
A+ / A-

Vaticano anuncia mudanças na equipa da sala de imprensa da Santa Sé

11 jul, 2016 - 17:21

O próximo director da "Sala Stampa" é o norte-americano Greg Burke, de 57 anos, com vasta experiência jornalística. Substitui Federico Lombardi, há 10 anos no cargo.

A+ / A-

O Papa Francisco aceitou a renúncia ao cargo de director da Sala de Imprensa da Santa Sé apresentada pelo padre Federico Lombardi, nomeando para o cargo e até agora vice-director, Greg Burke.

De acordo com a Sala de Imprensa da Santa Sé, o jornalista norte-americano vai tomar posse como director da "Sala Stampa" a 1 de Agosto, dia em que inicia funções como vice-directora Paloma García Ovejero, jornalista de Espanha.

Greg Burke, de 57 anos, é natural dos Estados Unidos, foi correspondente em Roma da ‘Fox News’ desde 2001 e, em 2012, foi chamado ao Vaticano para responder às questões da comunicação no trabalho da Secretaria de Estado e supervisionar a relação deste organismo com as instituições de comunicação da Santa Sé.

O próximo director da Sala de Imprensa da Santa Sé trabalhou na United Press International, de Chicago, na Reuters e no semanário "Metropolitan", sendo depois enviado a Roma como correspondente do "National Catholic Register"; a partir de 1990, inicia uma colaboração semanal na "Time". Membro do Opus Dei, vive e trabalha em Roma há mais de 30 anos.

A outra nomeação que traz um inédito arejamento à Sala de Imprensa é a nomeação da primeira mulher a ocupar um cargo de vice-directora, a espanhola Paloma García Ovejero. A próxima vice-directora da Sala de Imprensa da Santa Sé nasceu em Madrid em 1975, trabalhou na "Cadena Cope" a partir de 1998 e, desde Setembro de 2012, é correspondente para a Itália e o Vaticano da rádio da Conferência Episcopal Espanhola, colaborando também com estações de televisão e jornais. Além do espanhol, italiano e inglês, também conhece a língua chinesa.

Director da Sala de Imprensa desde 2006, o jesuíta Federico Lombardi completa 74 anos em Agosto e trabalhou em diferentes sectores da comunicação na Companhia de Jesus, onde foi vice-director da revista "Civiltà Cattolica" até 1984, e no Vaticano.

Director de programas da Rádio Vaticano entre 1991 e 2005, o padre Lombardi assumiu a direção da “rádio do Papa” entre 2005 e 2016, acumulando a função de director do Centro Televisivo do Vaticano entre 2001 e 2013.

Federico Lombardi foi director da Sala de Imprensa da Santa Sé durante 10 anos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+