Tempo
|
A+ / A-

Ataque a café no Bangladesh faz 20 mortos entre os reféns

02 jul, 2016 - 09:15

As autoridades locais anunciaram ainda a morte dos seis terroristas e a libertação de 13 sequestrados.

A+ / A-

O ataque a um café na Dhaka, capital do Bangladesh, fez um total de 20 mortos de reféns, a que se somam ainda a morte dos seis atacantes armados.

Os números foram avançados pelo general Naim Asraf Chowdhury numa conferência de imprensa em que anunciou ainda que houve 13 pessoas a serem resgatadas, incluindo um japonês e dois cidadãos do Sri Lanka.

Este é o resultado da operação levada a cabo pelo exército depois de um cerco de 12 horas ao café que começou quando o grupo de atacantes tomou conta de um café muito popular entre os estrangeiros residentes no Bangladesh, na última sexta-feira.

O autoproclamado Estado Islâmico reivindica a autoria de um ataque contra um café na zona de embaixadas da capital do Bangladesh, avança a Amaq, agência de notícias dos jihadistas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+