A+ / A-

​PSD abstém-se no Orçamento Suplementar

16 jun, 2020 - 17:58 • Paula Caeiro Varela e Susana Madureira Martins

Parlamento debate esta quarta-feira a alteração ao Orçamento do Estado, que vai contar com abstenções de vários partidos.

A+ / A-

O PSD vai abster-se na votação do Orçamento Suplementar, na generalidade. A decisão, ao que disseram à Renascença fontes sociais-democratas, já foi comunicada pelo líder à restante direção.

O grupo parlamentar do PS também já está, ao que a Renascença sabe, a trabalhar no debate desta quarta-feira com a indicação de que o PSD vai abster-se.

Este é o cenário há muito dado como provável, tendo em conta que Rui Rio sempre disse que não seria um obstáculo ao Orçamento Suplementar.

Para o líder do PSD, o que era essencial era que esta alteração ao Orçamento do Estado, que será discutida e votada na generalidade esta quarta-feira, não tivesse qualquer medida estrutural.

Rio entende que este é um Orçamento Suplementar necessário tendo em conta a pandemia de Covid-19 e essa mesma posição foi defendida na Renascença já esta semana por David Justino, um dos seus vice-presidentes.

Com a abstenção do PSD, forma-se assim um consenso ainda mais alargado sobre este orçamento suplementar, uma vez que o Bloco e o PCP também vão optar por esse voto na generalidade. A votação final global do documento está marcada para dia 3 de julho.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+