A+ / A-
FC Porto

Rui Correia sossega adeptos: "Porto vai ter guarda-redes de topo no início da época"

12 jul, 2019 - 12:45

Antigo guardião dos dragões defende a aposta em jovens guarda-redes portugueses como Diogo Costa ou Luís Maximiano.

A+ / A-

O FC Porto continua no mercado à procura de um guarda-redes. De Buffon a Anthony Lopes, de Greif a Koubek, muitos têm sido os nomes apontados à baliza dos dragões para a eventual sucessão a Casillas, que ainda não anunciou se vai continuar a jogar, depois de ter sofrido um enfarte do miocárdio, em maio.

Para o antigo guarda-redes do FC Porto, Rui Correia, os adeptos devem estar tranquilos. Até ao início da temporada vai chegar um guarda-redes de topo.

"Conhecendo o FC Porto como conheço, a situação deve estar controlada. As pessoas que estão a gerir o processo sabem o que estão a fazer e a escolha será acertada. Mais do que um grande nome, o Porto quer ter um bom guarda-redes e vai ter. Já se falou de tantos nomes mas acredito que, no início da época, o FC Porto terá um guarda-redes de topo", referiu em entrevista a Bola Branca.

Rui Correia, que até há pouco tempo era o treinador de guarda-redes da equipa sub.23 do Sporting, defende a aposta em jovens guardiões, como Diogo Costa, do FC Porto, e Luís Maximiano, do Sporting.

"Sou suspeito para falar desses guarda-redes. Do Diogo Costa, do Luís Maximiano, do Diogo Sousa. Gosto de apostar em jovens, portugueses. Mas não quero entrar muito por esse campo porque sei que, hoje em dia, o futebol é um negócio e nem tudo o que desejamos, conseguimos alcançar. Mas, se eu pudesse escolher, só queria guarda-redes portugueses", concluiu.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.