Tempo
|
A+ / A-

Um morto e dois intoxicados por consumo de álcool em Braga

10 jul, 2019 - 20:39 • Agência Lusa

Autoridades suspeitam que tenha sido misturada uma substância com o vinho, possivelmente álcool etílico.

A+ / A-

Uma pessoa morreu e duas ficaram intoxicadas após terem consumido álcool no centro de Braga, avança o Jornal de Notícias.

As vítimas serão três sem-abrigo que foram encontrados num banco de jardim no Campo da Vinha.

No local foram encontradas várias garrafas de bebidas alcoólicas.

Segundo o Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Braga, o alerta foi dado pelas 18h17 e os três homens são de nacionalidade portuguesa.

Os dois feridos foram encaminhados para o Hospital de Braga.

Autoridades suspeitam de substância misturada no vinho

As autoridades suspeitam que uma substância, possivelmente álcool etílico, terá sido misturada com o vinho, causando a morte de um homem e ferimentos em dois outros.

"Existe a suspeita que uma substância foi misturada com o vinho, causando a morte de um homem e ferimentos em dois outros. Os dois feridos foram transportados ao hospital e já não correm perigo de vida", disse à Lusa fonte da PSP.

Segundo a mesma fonte, as autoridades suspeitam que a substância em causa é álcool etílico, que terá sido misturado no vinho por uma outra pessoa, mas aguardam pelos resultados da investigação para confirmar as suspeitas.

A PSP explica que foram encontradas no local, no Campo da Vinha, no centro de Braga, embalagens de vinho junto às vítimas.

A Polícia Judiciária foi chamada ao local e está a investigar a ocorrência.

[notícia atualizada às 01h10]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.