A+ / A-

A família cristã “nunca foi tão importante”, diz Cardeal Patriarca

16 jun, 2019 - 18:30 • Sandra Afonso com redação

D. Manuel Clemente apela a que as comunidades cristãs sejam “famílias de famílias”, num tempo em que as “vizinhanças ativas” são cada vez mais raras.

A+ / A-

O Cardeal Patriarca, D. Manuel Clemente, lembra que a “verdade total da família cristã, que se aproxima da família divina” nunca foi tão importante como hoje, num tempo em que a vida familiar e as “vizinhanças ativas” são cada vez mais raras.

D. Manuel Clemente presidiu à Eucaristia com celebração dos jubileus matrimoniais, durante a sexta edição da Festa da Família, que decorreu no Parque da Quinta das Conchas, no Lumiar, em Lisboa.

“Na excitação atual, em que é tão difícil manter o ritmo familiar, com os trabalhos, os cansaços, a correria do dia-a-dia, tudo isto dificulta que a família permaneça com aquela união, que noutros tempos era mais imediata, porque se vivia no mesmo bairro, os vizinhos e os amigos estavam lá para ajudar. Por isso, nunca foi tão importante esta verdade total da família cristã que se aproxima da família divina e que faz com que nos reencontremos em dinamismos que mantenham a unidade familiar”, disse D. Manuel Clemente, durante a homilia.

“Não tenhamos dúvidas que muitos dos problemas que nos afligem na humanidade resultam da falta de vida familiar, de vizinhanças ativas, de acompanhamento mútuo, da dispersão que a tecnologia potencia”, afirmou o Patriarca, neste encontro entre as famílias da Diocese de Lisboa.

D. Manuel Clemente apelou a que as comunidades cristãs sejam “famílias de famílias”.

“Quando nos deparamos com comunidade cristã, não é uma quantidade de gente, que hoje é mais, amanhã é menos, mais na missa das 9 ou das 10. O que importa é quantas famílias são. Quais as vinculações familiares (ou falta delas) que as pessoas mantêm ou que podem refazer. Isto é tão importante”, lembrou o Cardeal Patriarca.

Nesta encontro, com o tema “Família: Lugar de Encontro com Deus”, D. Manuel Clemente abençoou cerca de 200 casais que celebram 10, 25, 50 e 60 anos de casamento.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.