A+ / A-

Suspeito de disparos a militares da GNR entregou-se às autoridades

15 jun, 2019 - 21:18 • Redação

Um dos dois militares da GNR feridos tem um projétil na face e está à espera de ser operado.
A+ / A-

O dono do carro a partir do qual foram feitos disparos, esta madrugada, contra militares da GNR, em Coimbra, entregou-se às autoridades.

Os disparos aconteceram por volta da 1h00, no IC2, junto a um posto de abastecimento de gasolina, durante uma operação STOP.

Um dos dois militares da GNR feridos tem um projétil na face e, devido a uma inflamação, está à espera de ser operado. O outro já teve alta.

“Houve efetivamente disparos contra uma viatura da GNR que se deslocava para um ponto de fiscalização no âmbito da 'Operação Baco'", explicou Diogo Dores, tenente-coronel da GNR, à Renascença. Os militares iniciaram a perseguição a um carro suspeito que, de acordo com os dados consultados com recurso à matrícula, "não teria inspeção".

Quando o carro suspeito não respeitou o sinal de paragem, os militares iniciaram uma perseguição, tendo, a dada altura, e durante a fuga, invertido "o sentido de marcha e disparado contra a viatura da GNR”.

De acordo com a informação disponibilizada pela fonte policial, apenas um dos militares ficou ferido, mas nenhum apresenta qualquer risco acrescido.

Além da GNR, também a Polícia Judiciária de Coimbra, duas ambulâncias e os Bombeiros de Condeixa foram mobilizados.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • frederico
    16 jun, 2019 chaves 01:44
    srs. do poder continuem a "assobiar" para o lado e a fingir que está tudo bem, que somos um pais seguro.... não se esqueçam que a qulquer momento podem ser vocês os alvos.... as nossas forças de segurança estão nas ruas da amargura em todos os sentidos.........