A+ / A-

Sérgio garante que o Porto "não vai para o jogo a pensar que já acabou"

17 mai, 2019 - 12:38 • Redação

"Aqui ninguém desiste", afirma o treinador, embora recnheça que será "extremamente difícil" ser campeão. O Porto precisa de derrotar o Sporting e que o Benfica perca com o Santa Clara.
A+ / A-

Sérgio Conceição garantiu, esta sexta-feira, que o FC Porto vai entrar em campo com o Sporting a pensar que pode ser campeão, independentemente do que aconteça no jogo entre Benfica e Santa Clara.

Para ser campeão, o FC Porto terá de vencer o Sporting, no sábado, e esperar que o Benfica perca com o Santa Clara, na Luz, na 34.ª e última jornada. Em conferência de imprensa de antevisão do clássico, Sérgio Conceição garantiu que não atira a toalha ao chão, apesar de saber que "é extremamente difícil" que essa conjugação de resultados aconteça.

"Aqui, ninguém desiste. Aqui, ninguém vai para o jogo a pensar que já acabou. Temos de estar focados em fazer o nosso trabalho, fazer o nosso jogo, premiar os adeptos com uma vitória e uma boa exibição. Essa é a nossa concentração. A partir daí, já não é da nossa responsabilidade, não sabemos o que vai acontecer no outro jogo nem depende de nós", vincou.

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, tem contestado a justiça do eventual título do Benfica, com várias críticas à arbitragem.

Sérgio Conceição afinou pelo mesmo diapasão e frisou que "o mais importante é que o vencedor fosse um justo vencedor dentro da verdade desportiva". "Eu acho que, sobre isso, o nosso presidente já falou e, neste clube, fala-se a uma só voz. Ele falou e eu assino por baixo", sentenciou.

Pepe não foi o empurrão fatal

A fase menos boa do FC Porto, que permitiu a reaproximação do Benfica, coincidiu com a entrada de Pepe na equipa. Depois do jogo em Vila do Conde, o central saiu da equipa e o FC Porto venceu duas vezes. Sérgio Conceição sublinhou que "não tem nada a ver uma coisa com a outra".

"Não podemos passar a ideia de que um jogador entra e perde-se por causa desse jogador. Isso é completamente errado", afiançou.

Quanto ao clássico com o Sporting, o treinador do FC Porto previu "um bom jogo de futebol, com duas equipas muito competitivas".

"Espero que possamos, no fim do jogo, estar contentes, no sentido de ganharmos os três pontos e de percebermos que o rival [Benfica] perdeu esses três pontos. Vamos trabalhar para que isso aconteça", assumiu.

Sérgio tem força para o leme

O Porto está no segundo lugar do campeonato, com 82 pontos, menos dois que o Benfica, e com desvantagem no confronto direto. Seja ou não, campeão, Sérgio sente-se capaz de continuar ao leme do Dragão:

"Quem trabalha nesta casa trabalha para ganhar títulos. Neste meu percurso de dois anos, daquilo a que o FC porto não estava muito habituado, ficar quatro anos sem ganhar nada, em dois anos temos a possibilidade de conquistar quatro títulos. É importante chegar a estes momentos decisivos da época? É, mas para mim, é mais importante ganhá-los. Se não ganhar, fica a frustração de não ter ganho. O nosso ADN é ganhar títulos. Eu e o presidente estamos em sintonia. Se me sinto capaz [de continuar]? Obviamente que me sinto capaz."

Os dragões enfrentam o clássico com esperança de serem campeões, no sábado, às 18h30, no Estádio do Dragão. O FC Porto-Sporting tem relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Anonimo
    18 mai, 2019 Porto 10:59
    O Sergio Conceição devia estar calado ao defender as criticas do Pinto da Costa, pois esquece que esta época foi muito beneficiado, tal como os outros clubes e a esse senhor só lhe digo que o FC Porto teve 7 pontos de avanço sobre o Benfica e deixou fugir quando ninguém contava