A+ / A-

Papa "dá boleia" a oito crianças refugiadas

15 mai, 2019 - 13:16 • Redação

Francisco escolheu um grupo de crianças que chegaram a Itália vindas da Síria, Nigéria e Congo.
A+ / A-
Papa "dá boleia" a oito crianças refugiadas
Papa "dá boleia" a oito crianças refugiadas

O Papa Francisco levou esta quarta-feira no seu "papamóvel" oito crianças refugiadas durante uma visita à Praça de S. Pedro, no Vaticano, antes da audiência geral.

Durante o tradicional passeio na sua viatura pela Praça de S. Pedro para saudar os fiéis, o Papa convida sempre um grupo de crianças para o acompanhar.

Esta quarta-feira, Francisco escolheu um grupo de crianças da Síria, Nigéria e Congo que chegaram a Itália em 29 de abril da Líbia, através dos corredores humanitários da iniciativa do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) e do Governo italiano. Com este programa, foi possível retirar mais de 2.500 migrantes vulneráveis da Líbia.

No grupo estavam também crianças que chegaram de barco há alguns meses e que "foram acolhidas juntamente com suas famílias no centro da associação Mondo Migliore e da cooperativa Auxilium.

No final da audiência, o Papa saudou a delegação da ONG Save the Children Itália e vários centros de receção em Roma, bem como os refugiados da Líbia presentes hoje na praça de São Pedro.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.