A+ / A-

Wendel foi assistir ao Juventus-Ajax e arrisca castigo do Sporting

17 abr, 2019 - 09:08 • Redação

Médio brasileiro foi até Turim assistir ao jogo dos quartos de final da Liga dos Campeões sem autorização do clube. Wendel já quebrou as normas internas do clube no início da temporada, e poderá enfrentar castigo mais pesado.
A+ / A-

O médio brasileiro Wendel está sob alçada disciplinar do Sporting, por ter viajado até Turim para assistir ao duelo dos quartos de final da Liga dos Campeões, entre Juventus e Ajax, sem autorização do clube leonino, avança o jornal "Record".

Wendel, de apenas 21 anos, viajou para Itália após o treino de terça-feira, que decorreu durante a manhã, acompanhado do seu agente, que também representa Douglas Costa, jogador da Juventus, com quem Wendel publicou uma fotografia nas redes sociais no final do jogo.

De acordo com os regulamentos internos do clube, os jogadores são obrigados a pedir autorização para se deslocarem para fora do país em dias que não são de folga, de forma a não condicionar os trabalhos da equipa, algo que Wendel não fez.

Esta não será a primeira vez que o brasileiro quebra os regulamentos do clube, depois de ter prolongado uma estadia autorizada para o Brasil. Na altura, o médio treinou durante alguns dias com o plantel sub-23, e arrisca castigo mais pesado.

Wendel publicou várias fotografias nas redes sociais ao longo da noite, que terminou em festa do Ajax, que venceu por 2-1 em Turim e garantiu presença nas meias-finais da Liga dos Campeões. Wendel chegou ao Sporting em janeiro de 2018 e ganhou a titularidade com Marcel Keizer. Esta época, soma três golos em 28 jogos disputados.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • toze
    17 abr, 2019 porto 10:31
    idiota