A+ / A-

Memes e mais memes. Como a internet reagiu à primeira imagem de um buraco negro

11 abr, 2019 - 15:40 • Redação

A internet é capaz de brincar com tudo e o buraco negro não foi exceção. As comparações foram desde o “Olho de Sauron” às reclamações sobre a qualidade da foto.
A+ / A-

A primeira imagem alguma vez divulgada de um buraco negro no Espaço tornou-se esta semana um marco histórico para a ciência. Mas esse marco não se fez só de regozijo entre a comunidade científica.

O registo que comprova a teoria da relatividade como Albert Einstein a delineou há um século causou também reações no universo da internet.

Foram várias as comparações e brincadeiras nas redes sociais, gerando até desconfiança entre alguns internautas quanto à veracidade do acontecimento.

Coincidência ou não, no Twitter não faltaram comparações com o “Olho de Sauron”, mitologia presente na trilogia do "Senhor dos Anéis".


Outro utilizador resolveu fazer uma piada com o facto de não conseguir encontrar uma namorada.


Às vezes, só precisamos de ficar quietos no nosso canto…


E, aparentemente, os super-heróis já sabiam da descoberta do buraco negro.


O buraco negro supostamente também serviu para divulgação da nova temporada da série “Guerra dos Tronos”.

E a baixa resolução da fotografia causou confusão na cabeça de muita gente e não faltaram comentários.


Em Portugal, o buraco negro parecia já estar presente na vitória do Benfica.


Mas, mesmo com tanto humor, é inegável a importância da revelação do buraco negro de que Einstein já falava.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.