A+ / A-

Ciclone com ventos de 190 km/hora a caminho de Moçambique

14 mar, 2019 - 23:55

A zona da cidade da Beira, a quarta maior do país, está na rota do temporal que pode representar uma ameaça à segurança da população.
A+ / A-

O ciclone “Idai”, com ventos de 190 quilómetros por hora, está a aproximar-se de Moçambique. Deverá atingir terra ainda esta quinta-feira à noite, de acordo com as previsões do Serviço de Meteorologia da África do Sul.

A zona da cidade da Beira, a quarta maior do país, está na rota do temporal que pode representar uma ameaça à segurança da população.

Se o ciclone não perder força ao chegar a terra vindo do oceano Índico, são esperados ventos e chuva forte naquela cidade de Moçambique, com cerca de meio milhão de habitantes.

O “Idai” é um ciclone tropical “extremamente perigoso”, que pode representar uma ameaça à vida da população, sobretudo, junto à costa, avança o serviço meteorológico francês.

Os efeitos do mau tempo já se começaram a fazer sentir na cidade da Beira. Através das redes sociais, alguns residentes publicaram imagens de árvores derrubadas e danos em estruturas.

Moçambique já sentiu o efeito de outros poderosos ciclones neste século. Em fevereiro de 2000, o “Eline” matou 350 pessoas e deixou 650 mil sem casa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.