Tempo
|
A+ / A-

Governo vai decretar um dia de luto nacional pelas vítimas de violência doméstica

27 fev, 2019 - 11:00

A proposta vai ser apresentada na quinta-feira, em Conselho de Ministros, pela ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva.

A+ / A-

O Governo quer decretar um dia de luto nacional pelas vítimas de violência doméstica e tem uma data prevista: 7 de março, véspera do Dia Internacional da Mulher.

A proposta vai ser apresentada na quinta-feira, em Conselho de Ministros, pela ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva.

O anúncio de intenção de decretar este dia foi feito esta quarta-feira pela própria ministra, durante uma audição parlamentar sobre as medidas do Governo para o combate à violência doméstica.

"Será um dia em que não devemnos apenas homenagear as vítimas, não apenas solidarizarmo-nos com as famílias, mas também para todos, coletivamente, renovarmos o nosso propósito de continuar este combate", disse a ministra Vieira da Silva, aos deputados.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • VITIMA DE VD
    27 fev, 2019 Cemitério 12:38
    Obrigada, Mário Soares, Obrigada Guterres, Mil vezes Obrigada Sócrates, Obrigada Costa, obrigada a toda esquerda, e a todos aqueles que em conluio convosco, aprovaram: o divórcio, o aborto, o casamento entre pessoas do mesmo sexo e agora têm em marcha a igualdade de género. Das profundezas do inferno, rogamos que sejam rápidas as vossas chegadas aos nossos aposentos, para que saibam para quem cantaram nos vossos discursos, pois aprendes-te de António Gramsci, Marx e outros que o fim da tua doutrina era a desconstrução da família, a qual ironicamente apelidavas de Burguesa. Aí tendes os vossos troféus, que irão quebrar de vós, muito mais que aquilo esperais. Uma vitima de violência domestica que clama da tumba onde cinicamente colocaste flores.
  • Joao Almeida
    27 fev, 2019 Aveiro 11:05
    campanha eleitoral usando um assunto muito sério