Tempo
|
Autárquicas 2021
35,4%
143Câmaras
13,74%
70Câmaras
11,23%
29Câmaras
8,04%
18Câmaras
5,61%
18Câmaras
4,13%
0Câmaras
2,62%
0Câmaras
1,53%
5Câmaras
1,18%
0Câmaras
12,37%
11Câmaras
  • Freguesias apuradas: 3058 de 3092
  • Abstenção: 46,14%
  • Votos Nulos: 1,60%
  • Votos em Branco: 2,52%

A+ / A-

Infarmed avisa. "Powerfite" e "Diet Slim" são medicamentos ilegais

03 jan, 2019 - 15:29 • Lusa

Segundo a Autoridade Nacional para o medicamento, estes produtos, em cápsulas, contêm substâncias destinadas ao tratamento da hipertensão, obesidade e ansiedade.

A+ / A-

A Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) advertiu esta quinta-feira que os produtos "PowerFite" e "Diet Slim" são "medicamentos ilegais" por não terem autorização de introdução no mercado em Portugal e conterem substâncias ativas que apenas podem ser utilizadas em fármacos.

Segundo o Infarmed, estes produtos, em cápsulas, contêm substâncias destinadas ao tratamento da hipertensão, obesidade e ansiedade.

"Atendendo a que não está garantida a qualidade, segurança e eficácia destes produtos, a sua utilização é proibida em Portugal", afirma a Autoridade Nacional do Medicamento num comunicado publicado na sua página na internet.

"Os utentes que disponham destes produtos não os devem utilizar, devendo entregar as embalagens em causa na farmácia para posterior destruição, através da Valormed", adianta o Infarmed.

A autoridade do medicamento refere que estes produtos foram detetados na alfândega, no âmbito do protocolo de colaboração entre o Infarmed e a Autoridade Tributária e Aduaneira, destinado ao combate à falsificação de medicamentos.

De acordo com o Infarmed, os produtos têm, provavelmente, origem em vendas através da Internet, não tendo sido detetados no circuito legal de venda de medicamentos, como por exemplo nas farmácias.

Após análise no laboratório do Infarmed, verificou que o PowerFite contém as substâncias ativas furosemida, hidroclorotiazida, fluoxetina e bupropiom, as quais têm efeitos diuréticos e antidepressivos.

Contém ainda sibutramina, substância destinada ao emagrecimento e que foi retirada do mercado europeu, por constituir um risco para a saúde.

O Infarmed também verificou que o Diet Slim - Reeducador alimentar contém as substâncias ativas furosemida, fluoxetina, e bupropiom, as quais têm efeitos diuréticos e antidepressivos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Filipe
    03 jan, 2019 évora 18:08
    Só estes ? E os outros todos em venda na internet em sites de Suplementos Alimentares , quem os controla ? Carregados de droga , anfetaminas e meta anfetaminas , coisas que aceleram o metabolismo e envelhecem as pessoas 10 anos num anos . A droga que foi usada na 2ª Guerra Mundial é agora utilizada em força ... examine bem .

Destaques V+