A+ / A-
Sub-21

Eustáquio. “Temos de jogar da melhor maneira para garantir apuramento"

18 nov, 2018 - 16:52

A equipa de esperanças defronta terça-feira a Polónia na segunda mão do play-off depois de já ter vencido na primeira mão.
A+ / A-

O médio Stephen Eustáquio espera que a seleção sub-21 de Portugal continue a "boa exibição" na receção à Polónia, em Chaves, no jogo decisivo do 'play-pff' de apuramento para o Europeu de 2019.

"Estamos confiantes pois sabemos que fizemos um resultado bom, mas que ainda falta o segundo jogo e vamos ter de continuar a boa exibição em casa", destacou Eustáquio, após o treino deste domingo no Complexo Desportivo Francisco Carvalho, na localidade transmontana.

Para o jogador do Desportivo de Chaves, o grupo de trabalho tem a sensação de ter realizado "uma boa partida" apesar dos momentos "difíceis" que passou na Polónia, que considera "normal" numa eliminatória a duas mãos.

"Vamos jogar com o apoio dos portugueses e temos de jogar da melhor maneira para garantir o apuramento", realçou o jogador de 21 anos, assegurando ainda que a seleção "respira saúde" e que está bem fisicamente e psicologicamente.

O facto de a seleção sub-21 de Portugal ter jogadores que já participaram em grandes competições dá mais confiança e tranquilidade. "Temos de saber gerir os momentos e é importante ter jogadores de alta competição", destacou.

Sobre o adversário, o médio que foi titular na primeira mão considera as transições como o aspeto a ter em conta na Polónia.

"São muito fortes no contra-ataque e sabemos que a margem de erro é pouca, por isso vamos tentar errar o menos possível", analisou.

Os portugueses ganharam na primeira mão, fora, por 1-0. A segunda mão é terça-feira, às 17h00, no Estádio Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, em Chaves.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.