A+ / A-

Candidato morto vence eleição local nos Estados Unidos

07 nov, 2018 - 14:30

Dennis Hof era um conhecido dono de bordéis no estado do Nevada, onde a prostituição está legalizada. Morreu há um mês, mas ganhou na mesma o cargo de representante local, com 68% dos votos.
A+ / A-

Nas eleições intercalares americanas de terça-feira, entre todas as vitórias importantes, houve uma bizarra. Dennis Hof, candidato republicano a um cargo local no estado do Nevada, ganhou na sua eleição, apesar de ter morrido há um mês.

Hof tinha 72, era dono de vários bordéis, incluindo o popular "Bunny Ranch", e tinha o apoio da comunidade evangélica no 36.º distrito do Nevada, onde concorreu para representar o seu condado no governo estatal.

O candidato falecido derrotou a democrata e professora Lesia Romanov, com cerca de 68% dos votos. As autoridades locais disseram que vão apontar um substituto do mesmo partido para o cargo. A campanha de Romanov ainda não comentou a derrota.

Hof apresentava-se como um "chulo", era dono de um clube de strip e era proprietário de vários bordéis. Deu a si própria a alcunha "Trump de Pahrump", baseada na localidade onde vivia, no Nevada.

Numa entrevista em junho à agência Reuters no Moonlite Bunny Ranch, um bordel perto da sua casa em Pahrump, Hof disse que as suas políticas tinham semelhanças com as políticas praticadas pelo Presidente Donald Trump.

"Este é mesmo o movimento Trump", disse Hof. "As pessoas vão deixar de lado as suas crenças morais e as suas crenças religiosas para eleger alguém honesto".

O diretor da campanha de Dennis Hof, Chuck Muth, previu a vitória do seu candidato há um mês e apesar de Hof não poder tomar posse, naturalmente, Muth diz que se deve celebrar a vitória. "Eu sei que os republicanos no Nevada foram massacrados hoje, mas o meu amigo Dennis Hof esmagou a sua adversária e esmagamos a iniciativa anti-bordel no condado de Lyon com cerca de 80% dos votos", escreveu na rede social Twitter, esta quarta-feira.

"Perdoem-me, mas vou celebrar", concluiu.

O xerife do condado de Nye disse que Hof foi encontrado morto no mês passado numa das suas propriedades em Crystal, no Nevada. Não se sabe o que terá provocado a morte do vencedor falecido.

Os amigos encontraram-nos morto quando o tentaram acordar para uma reunião, horas depois de ter celebrado os seus 72 anos. A confirmação do incidente foi dada no Twitter, por Chuck Muth. Adiantou ainda que Huf terá morrido durante a noite, no bordel Love Ranch, e que a investigação ainda estava a decorrer.

Hof era ainda autor de um livro, "A Arte do Chulo" - em inglês, "The Art of the Pimp", um trocadilho com o livro de Trump, "The Art of the Deal" ("A Arte do Negócio", em português).

Além disso, aparecia na série da televisão HBO "Cathouse", sobre um dos seus bordéis. No total, tinha cinco bordéis legais no estado do Nevada, o único estado americano em que a prostituição é legal.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Elvis
    11 nov, 2018 Está Vivo 16:14
    Só podia ser um republicano para os jornalistas estarem com essa conversa... Quem ganhou foi a lista que por acaso ficou sem o numero um por ter falecido. Querem ver que a democrata democrata quer ser ela a ganhar!?...