A+ / A-
Moto2

Miguel Oliveira: "Não atingi o objetivo, mas estou orgulhoso"

06 nov, 2018 - 11:01

Piloto português sagrou-se vice-campeão do mundo de Moto2 e quer celebrar com um bom resultado no último Grande Prémio da temporada.
A+ / A-

O piloto português Miguel Oliveira está satisfeito com o já assegurado vice-campeonato do mundo de Moto2, apesar de ter admitido o objetivo de vencer a prova.

Em declarações reproduzidas no jornal "Autoportal", o piloto da KTM diz estar "orgulhoso" com o feito conquistado: "Apesar do objetivo de ser campeão não ter sido cumprido, sinto-me orgulhoso. Este foi um campeonato de não baixar os braços, uma vez que saía quase sempre de uma posição desfavorável. O mais fácil, a cada domingo, seria desistir, mas fui sempre à luta”.

Miguel Oliveira faz um balanço positivo da temporada: "O vice-campeonato acaba por ser positivo, numa época marcada pela regularidade. Deixa-me feliz e marco também a história como um dos melhores pilotos que passou pela categoria intermédia”.

O campeonato do mundo de Moto2 termina com o Grande Prémio de Valência, e Miguel Oliveira quer fechar o ano com chave de ouro:

“Não tinha nada a perder e agora muito menos. Tenho boas sensações e boas memórias em Valência. Já lá ganhei por duas vezes e espero que agora venha a terceira. Deixar o Moto2 com uma vitória em Valência seria a cereja no topo do bolo".

Recorde-se que Miguel Oliveira já tem a presença assegurada na MotoGP na próxima temporada.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.