Emissão Renascença | Ouvir Online

Homem morre no S. José após várias horas à espera para ser atendido

29 dez, 2014

Hospital abriu um inquérito. O paciente, com mais de 70 anos, foi encontrado sem vida pelo filho numa maca.

Homem morre no S. José após várias horas à espera para ser atendido

Um homem morreu nas urgências do Hospital de S. José, em Lisboa, enquanto esperava para ser assistido.

O paciente, com mais 70 anos, foi encontrado sem vida pelo filho numa maca com a ficha de entrada no hospital em branco, apurou o "Diário de Notícias". Terá estado seis horas à espera para ser visto por médico, noticiou a SIC Notícias.

Em comunicado, o hospital esclareceu que o caso aconteceu na madrugada de sábado e que "o conselho de administração decidiu abrir um processo de inquérito ao caso para apuramento dos factos ocorridos".

A mesma fonte acrescentou que se aguarda ainda "o resultado da realização de uma autópsia" que esclareça as causas da morte.

Para o bastonário da Ordem dos Médicos, o facto de o tempo de espera por em causa a triagem, “é uma situação rara, mas acontece com uma frequência indesejável”.

José Manuel Silva disse, em declarações à RTP, que a classificação de Manchester - identifica com base num esquema de cores, o risco no estado de saúde de cada paciente - “sendo muito útil para classificação das prioridades dos doentes, não faz diagnósticos, e às vezes falha”.

“Nada impede que um doente com pulseira verde afinal fosse uma situação grave e morra subitamente à espera de ser atendido, sobretudo se o número de horas de espera for superior àquilo que está indicado pela triagem de Manchester”.