Tempo
|

Vatileaks

Papa perdoa ex-mordomo

22 dez, 2012

Segundo avança a Reuters, o Vaticano vai ajudar Paolo Gabriele, de 46 anos, a encontrar um novo trabalho e a começar uma nova vida.

Papa perdoa ex-mordomo
Papa perdoa ex-mordomo
Bento XVI perdoou Paolo Gabriele, o ex-mordomo do Papa que foi condenado a um ano e seis meses de prisão por ter roubado documentos confidenciais do Vaticano, num caso que ficou conhecido por “Vatileaks”.
Bento XVI perdoou Paolo Gabriele, o ex-mordomo do Papa que foi condenado a um ano e seis meses de prisão por ter roubado documentos confidenciais do Vaticano, num caso que ficou conhecido por “Vatileaks”.

O Papa visitou-o, esta manhã, na prisão para lhe dizer pessoalmente que estava perdoado.

Segundo avança a Reuters, o Vaticano vai ajudar Paolo Gabriele, de 46 anos, a encontrar um novo trabalho e a começar uma nova vida.

Bento XVI terá também concedido perdão a Claudio Sciarpelletti, o informático acusado de cumplicidade com o ex-mordomo no furto de documentos confidenciais.