Alemanha

Judeus recordam tempos de escuridão nas Portas de Brandenburgo

21 dez, 2011

Comunidade judaica de Berlim iniciou as festividades do Hannuka no local onde Hitler anunciou a exterminação dos judeus.

Judeus recordam tempos de escuridão nas Portas de Brandenburgo
Vários milhares de pessoas reuniram-se ontem ao final do dia nas Portas de Brandenburgo, em Berlim, no mesmo local onde Hitler anunciou a sua intenção de livrar a Europa dos judeus.

A multidão, composta em larga medida por judeus, assinalou naquele local o início da festa de oito dias de Hannuka, com o acender de uma das oito velas da menorah. A escolha do local não foi coincidência, mas pretende demonstrar o falhanço das intenções dos Nazis.

“Estamos no preciso lugar onde Hitler anunciou que pretendia aniquilar os judeus da Europa”, afirmou o rabino Yehuda Tiechtel, de Berlim. “É neste local que vamos acender a menorah acompanhados de embaixadores, estadistas e líderes alemães”.

Em recordação desses tempos e do sofrimento causado, jovens judeus acenderam velas para simbolizar a vitória da luz sobre a escuridão. “Se o propósito da menorah é simbolizar a vitória da luz sobre a escuridão, não há lugar mais significativo para o expressar do que este local”, afirmou o rabino.