Tempo
|

Indonésia

Violência inter-religiosa faz 16 feridos

14 dez, 2011

Crescimento do fundamentalismo preocupa no país com mais muçulmanos de todo o mundo.

Dezasseis pessoas ficaram feridas, uma com um tiro no peito, após graves conflitos entre cristãos e muçulmanos na cidade de Ambon, nas Molucas, Indonésia.

Os conflitos começaram com uma troca de insultos ao fim da tarde de Domingo e rapidamente degeneraram, assumindo contornos de guerra urbana, com lançamento de cocktails molotov, tiros e utilização de armas artesanais como arcos e flechas e lanças.

As autoridades acabaram por controlar a situação, 12 pessoas ficaram feridas com gravidade mas até agora ninguém foi identificado. A polícia desconfia que estes confrontos tenham tido origem noutros, mais graves, que ocorreram em Setembro, causando nove mortos e 60 feridos.

Os cristãos são uma minoria na região de Ambon, como no resto da Indonésia em geral, e mostram-se preocupados com o aumento do fundamentalismo islâmico.

Um dos locais mais preocupantes é Aceh, onde vigora a lei islâmica. No Sábado mais de 60 jovens foram detidos durante um concerto de rock de angariação de fundos para um orfanato, e levados para um campo de reeducação pelas autoridades.

As autoridades justificaram a sua acção, dizendo que a sua presença naquele local poderia colocar em causa a aplicação da lei e da moral islâmica.