Tempo
|

Católicos e anglicanos defrontam-se armados com tacos

20 dez, 2013

A Igreja Anglicana aceitou oficialmente o desafio lançado pelo recém-criado clube de Criquete do Vaticano. O jogo deverá realizar-se em Setembro.

Católicos e anglicanos defrontam-se armados com tacos
Mais de 500 anos depois do cisma, a Igreja Católica e a Igreja Anglicana vão defrontar-se em campo, com tacos à mistura mas com promessas de muito “fairplay”.

O jogo não podia ser mais identificado com Inglaterra, mas o desafio partiu de Roma. Em Outubro um grupo de seminaristas e padres, residentes em Roma e adeptos do críquete, uniram-se para formar o Clube de Criquete de São Pedro, o primeiro do género numa cidade mais habituada ao futebol.

Sem muitos concorrentes por perto, o desafio aos Anglicanos surgiu como uma brincadeira e uma oportunidade de fazer o ecumenismo no terreno, literalmente.

Os anglicanos entraram no espírito e esta semana, por via do representante do Arcebispo de Cantuária em Roma, o Arcebispo David Moxon, aceitaram formalmente o repto.

O jogo, ao que tudo indica, será disputado em Londres em Setembro e, se assim for possível, no terreno mais emblemático de tudo o mundo: Lord’s.

Mas quem pensa que os Anglicanos têm vantagem por este ser um desporto nascido em Inglaterra devem saber que os jogadores católicos vêm sobretudo de países como a Índia, o Paquistão, Bangladesh, Austrália, Nova Zelândia e da própria Inglaterra, nações com uma enorme tradição na prática deste desporto.