Tempo
|

Estados Unidos

Obama apoia “casamentos” entre homossexuais

10 mai, 2012

Já o candidato conservador à Casa Branca, Mitt Romney, é contra.

Obama apoia “casamentos” entre homossexuais

Barack Obama tornou-se, esta quarta-feira, o primeiro Presidente da história dos Estados Unidos a apoiar o "casamento" entre pessoas do mesmo sexo.

Obama declarou-se a favor do "casamento homossexual" numa entrevista à cadeia de televisão ABC.

Nestas declarações, Obama - que até aqui dizia que as suas opiniões sobre o tema estavam “em evolução” - declarou que para ele, pessoalmente, era importante dar um passo em frente e afirmar que o "casamento" entre pessoas do mesmo sexo deveria ser legal.

A posição do Presidente não irá alterar a situação legal em vários estados norte-americanos onde o casamento é competência da legislação estadual, mas não tendo um apoio legal tem um grande valor simbólico.

A questão do "casamento homossexual" tem sido um dos temas da campanha para as presidenciais de 6 de Novembro depois do vice-presidente Joe Biden ter dito à NBC que se sentia “muito cómodo” com a ideia desse tipo de união.

Pouco antes da divulgação destas declarações de Obama, Mitt Romney, o candidato conservador à Casa Branca, expressava em Denver, no Colorado, não só a sua oposição ao "casamento homossexual" como às uniões civis entre pessoas do mesmo sexo.