Administradores da Casa da Moeda exonerados com indemnização

09 jul, 2014

Rui Carp, Rodrigo Lucena e Gonçalo Caseiro foram nomeados para substituir os administradores que saem. Parpública não diz qual foi o valor da indemnização.

A administração da Imprensa Nacional Casa da Moeda foi exonerada.

O presidente e mais dois elementos foram afastados dos cargos e vão receber indemnização relativa aos salários a que teriam direito até final do mandato.

A Parpública, accionista que tomou esta decisão, esclarece, numa resposta enviada à Renascença, que entendeu oportuno nomear uma nova administração para “imprimir uma diferente dinâmica na gestão da Imprensa Nacional Casa da Moeda”.

A Renascença tentou ainda saber o valor das indemnizações, mas a resposta é remetida para a gestão da Casa da Moeda.

De acordo com a imprensa desta manhã, os salários dos gestores exonerados oscilam entre 3.800 euros e 4.800 euros. Cada um vai receber a indemnização correspondente ao vencimento a que teria direito até final de 2014.

Por seu lado, a Imprensa Nacional Casa da Moeda informa, em comunicado, que em assembleia geral de dia 4, a Parpública nomeou uma nova administração, para o triénio de 2014-2016, constituída pelo presidente Rui Carp e ainda Rodrigo Lucena e Gonçalo Caseiro.