Tempo
|

Luís Cabral

Família e educação

25 fev, 2014

A melhor forma de prever se um aluno será bem sucedido é determinar as condições e características do seu ambiente familiar.

A educação é um factor determinante do rendimento e da riqueza. Logo, a desigualdade na distribuição do rendimento em Portugal é de alguma forma reflectida pelas diferenças na prestação escolar.

E o que é que explica esta dispersão do sucesso educativo?

Pedro Carneiro, um economista especializado em questões de educação, estima que o factor principal é a família. A melhor forma de prever se um aluno será bem sucedido é determinar as condições e características do seu ambiente familiar.

Isto não significa que o debate sobre a forma de organizar o ensino não seja importante. Significa, isso sim, que num Estado com recursos escassos e em que é fundamental respeitar prioridades, a política da família deverá ser uma dessas prioridades.