Tempo
|

Nélson Oliveira

Nove anos depois, um português volta a festejar na Vuelta

04 set, 2015

Nélson Oliveira venceu, esta sexta-feira, a 13ª etapa da Vuelta. Desde 2006, que um ciclista português não festejava uma vitória na Volta a Espanha. Vitória mais importante da carreira do tri-campeão nacional de contra-relógio. Nairo Quintana saiu do "top ten".

Nove anos depois, um português volta a festejar na Vuelta
Nélson Oliveira venceu, esta sexta-feira, a 13ª etapa da Volta a Espanha, que ligou Calatayud a Tarazona. Depois de ter estado em destaque na quarta-feira, naquela que foi a etapa mais dura da Vuelta, o ciclista da Lampre-Mérida venceu a etapa de hoje, a primeira numa grande volta.

O ciclista português fazia parte de um grupo de 24 fugitivos. A cerca de 16 quilómetros da meta, Nélson Oliveira deixou o grupo rumo à vitória final. Cortou a meta com um minuto de vantagem sobre o segundo classificado, Julien Simon (Cofidis). Nicholas Roche (Sky) fechou o pódio da jornada.

Nélson era, à partida para esta etapa, 36º classificado, a pouco mais de 33 minutos do líder, Fabio Aru. Agora está na 30ª posição e é o segundo melhor português da lista, atrás de André Cardoso que tem 10'19'' de atraso para a liderança.

Desde 2006 que um português não conquistava uma etapa na Vuelta. Nélson Oliveira sucede assim a Sérgio Paulinho, que abandonou esta semana a prova depois de ter sido derrubado por uma moto da televisão espanhola. junta-se também a um restrito lote de ciclistas portugueses que venceram no país vizinho. Joaquim Agostinho foi o que mais vitórias somou, três.

Nélson Oliveira tem ainda no currículo três títulos de campeão nacional de contra-relógio e foi, este ano, o melhor português do Tour, ao terminar na 47ª posição.

Quintana sai do top ten
A classificação geral não sofreu alterações até à oitava posição, mas merece nota a saída dos dez primeiros de Nairo Quintana. O ciclista da Movistar, um dos candidatos à vitória, foi ultrapassado por Brambilla e Sicard que faziam parte do grupo de fugitivos inicialmente integrado por Nélson Oliveira. É agora o 11º da geral. Aru continua de vermelho com Joaquin Rodríguez na sua roda.

Classificação Geral
13 etapas completas
1. Fabio Aru (Astana) em 51h33'19''
2. Joaquin Rodríguez (Katusha) a 27 segundos
3. Tom Dumoulin (Giant) a 30 segundos
4. Rafal Majka a 01'28''
5. Esteban Chaves (Orica) a 01'29'' segundos
6. Alejandro Valverde (Movistar) a 01'52''
7. Daniel Moreno (Katusha) 01'54''
8. Mikel Nieve (Sky) 01'58''
9. Gianluca Brambilla (Etixx-Quick Step) 02'51''
10. Romain Sicard (Europcar) 02'51''
...
18. André Cardoso (Cannondale) a 10'19''
30. Nélson Oliveira (Lampre-Merida) a 28'26''
33. José Gonçalves (Caja Rural) a 33'21''
37. Ricardo Vilela ( Caja Rural) a 52'53''
41. Tiago Machado (Katusha) a 56'48''