Tempo
|
A+ / A-

Sporting

Amorim sem êxtase. "Voltámos ao primeiro lugar, mas o campeonato vai ter muita história"

04 dez, 2023 - 22:59 • Redação

Treinador do Sporting considera que vitória é justa e explica as três alterações ao intervalo.

A+ / A-

Rúben Amorim não entra em grandes euforias após o Sporting voltar ao primeiro lugar da I Liga com a vitória frente ao Gil Vicente. À Sport TV, o técnico espera uma luta dura até ao fim do campeonato.

"Os pontos refletem as melhores equipas. A jogar, ganhar jogos, a nao sofrer golos. Voltámos ao primeiro lugar, mas o campeonato vai ter muita história. Passo a passo. já dissemos o que queremos no final, mas não temos que pensar muito à frente", disse.

O Sporting começou a perder frente ao Gil, mas elogia a exibição da equipa: "Sabíamos que ia ser complicado, mas controlámos bem o Gil Vicente, todas as transições. Começámos bem e o Gil Vicente conseguiu depois acalmar. Fez o golo na única vez que foi à nossa baliza".

"Nós já estávamos a tentar, mas o empate foi inteiramente justo. Na segunda parte acelerámos, criámos ocasiões. Marcámos dois e podiamos ter feito melhor. No fim recolhemos um pouco, controlámos e fomos uns justos vencedores", acrescenta.

Amorim fez três alterações ao intervalo. Saíram Inácio, Nuno Santos e Ricardo Esgaio. E explicou as mexidas

."O Nuno fez o golo com ajuda do adversáro. O Inácio saiu porque há jogos que não são tão bem conseguidos e é difícil estar sempre no máximo. Preferimos retirá-lo. O Esgaio estava a ter um dos melhores jogos, mas tivemos que inverter o lado. Os jogadores não sairam porque jogaram mal ou porque não estávamos a dominar, mas sim porque queriamos outra tática", termina.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+