Tempo
|
A+ / A-

Fernando Mendes

“Paulinho nunca desaprendeu, mas não joga sozinho”

26 set, 2023 - 12:45 • Pedro Castro Alves

Fernando Mendes, antigo jogador do Sporting, está satisfeito com o “bom momento” da equipa. Antecipa “jogo complicado em Faro” em semana de clássico entre Benfica e FC Porto que pode dar liderança isolada aos leões.

A+ / A-

Fernando Mendes, antigo jogador do Sporting, acredita que o bom momento de Paulinho é um reflexo da boa forma da equipa.

O avançado lidera a tabela dos melhores marcadores da Liga, com cinco golos, os mesmos que Bozeník, do Boavista.

“Paulinho nunca desaprendeu, mas não joga sozinho. Quando a equipa não funciona bem também passa para ele. Agora, a forma como ele trabalha, como luta, como mete os colegas a jogar, acrescentado a isso fazer golos. A equipa está num bom momento e o Paulinho está a sobressair”, afirma, em entrevista Bola Branca.

Depois da vitória por 2-0 na receção ao Rio Ave, a jornada 7 traz deslocação ao Algarve para visita ao Farense, em semana de clássico entre Benfica e FC Porto.

Fernando Mendes sublinha que o “Sporting atravessa bom momento, agora é esperar” pelo resultado do encontro entre os rivais. Um empate ou uma vitória do Benfica dará ao clube de Alvalade a liderança isolada do campeonato.

“Tem agora um jogo complicado em Faro e tem de esperar pelo resultado do clássico. Ao Sporting não interessa muito os outros resultados, interessa ir ganhando os seus jogos, mas é certo que alguém vai perder pontos, quiçá os dois. Tem de seguir o seu caminho, mas é sempre bom começar a ganhar e estar no primeiro lugar”, diz, em declarações à Renascença.

Benfica e FC Porto entram-se na sexta-feira, no Estádio da Luz, às 20h15. No sábado, o Sporting desloca-se ao sul do país para defrontar o Farense às 20h30.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+