Tempo
|
A+ / A-

PSG oficializa compra de Ugarte ao Sporting por 60 milhões

07 jul, 2023 - 13:00 • Redação

O médio internacional uruguaio, de 22 anos, ruma a Paris pelo valor da cláusula de rescisão e o Sporting encaixa 48 milhões. Ugarte assina até 2028 e herda o número de Sergio Ramos.

A+ / A-

O Paris Saint-Germain oficializou, esta sexta-feira, a contratação de Manuel Ugarte ao Sporting. Os leões recebem 60 milhões de euros.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o Sporting informa que receberá o montante fixo de 60 milhões de euros, valor da cláusula de rescisão do médio internacional uruguaio, de 22 anos. O valor correspondente ao mecanismo de solidariedade, acrescido ao montante da venda, também ficará a cargo do PSG.

Os encargos com os serviços de intermediação relativos à mencionada transferência ascendem aos 4,6 milhões de euros, lê-se ainda.

O Sporting detém 80% do passe de Ugarte, pelo que, na prática, recebe 48 milhões de euros. Os restantes 12 milhões vão para o Famalicão.

Camisola de Sergio Ramos e contrato de cinco anos


Ugarte assinou contrato com os campeões franceses válido para as próximas cinco temporadas, ou seja, até 30 de junho de 2028. Vai vestir a camisola 4, que pertencia ao central espanhol Sergio Ramos.

O Sporting também já se despediu do médio uruguaio no Twitter, com um vídeo e a seguinte legenda: "Um leão para sempre. Vai com tudo!"

Manuel Ugarte chegou ao Sporting no verão de 2021, proveniente do Famalicão, e tinha contrato válido até junho de 2026. Ao todo, entre valor inicial e aquisições adicionais, custou 12,5 milhões de euros aos leões.

Em duas temporadas, o uruguaio somou um total de 85 jogos, um golo e duas assistências. Na última época, assumiu-se como titular indiscutível, com 47 encontros, e integrou o melhor 11 da época no campeonato.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+