Tempo
|
A+ / A-

Rúben Amorim

Trincão desfalca Sporting na meia-final da Taça da Liga

23 jan, 2023 - 18:21 • Inês Braga Sampaio

Rúben Amorim confia que o Sporting estará "desinibido" frente ao Arouca, embora admita que a possível conquista da Taça da Liga "nem salva, nem deixa de salvar" a temporada.

A+ / A-

O Sporting não vai poder contar com Francisco Trincão na meia-final da Taça da Liga frente ao Arouca, na terça-feira, em Leiria.

Em conferência de imprensa de antevisão do encontro, esta segunda-feira, Rúben Amorim revela que o extremo internacional português, de 23 anos, está doente. Por outro lado, St. Juste "já pode começar de início".

"[Luís] Neto já está a treinar mas não nos índices que queremos. Trincão está doente e não vai a jogo. De resto, estão todos", esclarece.

O Sporting vai defrontar, em Leiria, uma equipa com que já perdeu esta época. Rúben Amorim assume que teve em conta, na preparação do jogo, a derrota com o Arouca a 29 de outubro, para o campeonato.

"É um jogo contra uma equipa que já nos venceu, que não tem responsabilidade nenhuma. Queremos muito vencer. Olhámos muito para o que aconteceu para o jogo em Arouca. É muito importante para nós, um título é um título e os clubes grandes vivem de títulos. É importante ganharmos títulos. Temos muitos jogadores novos que e ainda não estiveram em finais. Temos responsabilidade", diz.

Taça da Liga "não salva, nem deixa de salvar" a época


O Sporting está a 12 pontos do primeiro lugar, no campeonato, e foi eliminado da Taça de Portugal logo ao primeiro jogo, pelo Varzim, da Liga 3. Ou seja, restam-lhe Liga Europa (está no "play-off") e Taça da Liga.

Contudo, Rúben Amorim sublinha que uma eventual conquista da Taça da Liga não é a salvação de uma época abaixo das expectativas.

"Não salva nada, não podemos ver assim. O nosso objetivo principal era lutar pelo campeonato, mas perdemos muitos pontos. Depois, tínhamos a Taça de Portugal, que ainda não ganhámos desde que aqui chegámos e era um grande objetivo, e perdemos com uma equipa da Liga 3. Isto é mais um título que podemos vencer. Nem salva nem deixa de salvar, é um título que depende de nós e queremos muito vencer", vinca.

Na opinião do treinador, "é maior a vontade de ganhar" ao Arouca do que a "pressão" que passa do campeonato para a Taça da Liga:

"Acredito que vamos estar desinibidos e que os jogadores vão dar uma resposta diferente do que temos dado no campeonato. Vão querer muito ganhar. Se vão ganhar ou não, houve outros anos em que tinha mais certezas de que íamos jogar bem, marcar golos e ganhar o jogo"."

Arouca e Sporting defrontam-se na terça-feira, às 19h45, no Estádio Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria. A Final Four da Taça da Liga tem relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+