Tempo
|
A+ / A-

Ronaldo no Sporting? "Não há sonhos impossíveis", diz Beto

27 jun, 2022 - 12:45 • Pedro Castro Alves

Antigo capitão e dirigente do Sporting acredita que Rúben Amorim vai continuar no clube, mas é uma questão de tempo até ser contratado por um "tubarão europeu".

A+ / A-

Beto Severo, antigo capitão e dirigente do Sporting, tem "expetativas altas" para a nova época dos leões, que arranca hoje com o primeiro treino da pré-temporada.

O ex-defesa gostava de ver Cristiano Ronaldo “regressar à casa-mãe”, mas tudo depende da “vontade do jogador”. O capitão da seleção não estará satisfeito no Manchester United e um regresso a Alvalade parece possível, algo que Beto gostaria de ver.

“Sonhos impossíveis não há. Tudo depende da vontade do Cristiano” diz, em Bola Branca.

No dia do arranque da pré-época do Sporting, Beto afirma ter “expectativas altas” para a nova temporada. Os últimos dois anos, com Rúben Amorim, fazem acreditar numa equipa “forte e competitiva”, que pode dignificar o clube.

“O sentimento é de muita vontade, de muito acreditar e determinação. Não atingiu o objetivo na época passada, mas lutou até ao fim, algo que vai voltar a fazer”, sublinha, em entrevista à Renascença.

Beto cumpriu mais de dez pré-temporadas ao serviço do Sporting e afirma que “as equipas se fazem de união”, algo que se desenvolve durante este tempo. “Entreajuda” e “cumplicidade” pode ser tão importante como a parte técnica e tática, mas a vertente física será também determinante.

“Vai ser uma época muito desgastante, com um Campeonato do Mundo no meio. Vai haver muitos períodos intensos de jogos, pelo que parte física e mental será muito importante”, explica.

Amorim em contrarrelógio

Beto gostava que Rúben Amorim continuasse no Sporting e acredita que o treinador vai seguir nos leões, mas será uma questão de tempo até um salto para um clube de maior dimensão.

"Como qualquer adepto, gostaria que continuasse. É um jovem treinador, vai evoluir muito mais, um dia chegará o seu momento, sem dúvida. Sente-se confortável e com vontade no Sporting, não me parece que haja essa hipótese de sair. No futebol, tudo é possível, é o momento que faz as coisas acontecer. Um dia será treinador de um tubarão da Europa", atira.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+