Tempo
|
A+ / A-

Diogo Boa Alma

Morita e o Sporting. "É do melhor e merece dar o salto"

10 mai, 2022 - 12:45 • Luís Aresta

Diogo Boa Alma, antigo diretor desportivo do Santa Clara, garante, em entrevista a Bola Branca, que o médio japonês encaixa na perfeição no sistema tático de Rubem Amorim.

A+ / A-

Diogo Boa Alma, antigo diretor desportivo do Santa Clara, espera um desfecho positivo da “novela Morita” e confia que o médio internacional japonês rumará ao Sporting para ver e vencer.

“Acredito que sim, até porque, no esquema que Rúben Amorim costuma utilizar, o Morita faz muito bem a posição de qualquer um dos dois médios à frente da linha de três centrais. É um jogador que acabará por ser muito utilizado e acredito que, na maior parte das vezes, como titular no Sporting”, diz Boa Alma, em entrevista a Bola Branca.

O diretor desportivo, sem clube após ter deixado o Vitória de Guimarães, não tem dúvidas de que Hidemasa Morita está apto para assumir um desafio da dimensão do que terá pela frente no Sporting.

Diogo Boa Alma torce para que o médio japonês rume este verão a Alvalade e olha para a novela da possível transferência "com a expetativa de quem gosta do Morita e de quem tem a noção clara de que ele está preparado para outros desafios". Boa Alma defende que jogador, de 27 anos, contratado pelo Santa Clara ao Kawasaki Frontale, “tem qualidade para se afirmar num outro patamar” e gostaria que fosse já.

"Esperemos que possa agora dar esse salto. Ele merece como pessoa e como profissional. É realmente do melhor com que trabalhei, portanto, merece ter esse novo patamar competitivo", remata.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+