A+ / A-

Agora que Alvalade pode encher, Sporting põe Gamebox à venda

01 out, 2021 - 14:34 • Redação com Lusa

Os bilhetes de época serão colocados à venda a partir de segunda-feira. Preços variam entre 63 (criança) e 129 euros.

A+ / A-

O Sporting vai iniciar, na segunda-feira, a venda dos bilhetes de época para 2021/22 (Gamebox) para o Estádio de José Alvalade.

No site oficial, esta sexta-feira, o clube explica que a comercialização da Gamebox, que não se verificou na última época devido à pandemia da Covid-19, surge “em virtude das novas medidas de desconfinamento, que possibilitam a lotação a 100% dos recintos desportivos".

O Sporting explica, ainda, que “em benefício dos associados” e “tendo em consideração o momento pandémico, optou por manter os preços unitários jogo-a-jogo de 2019/2020”.

A Gamebox inclui 13 jogos da I Liga, com início na nona jornada, dois jogos da fase de grupos da Liga dos Campeões e um jogo da fase de grupos da Taça da Liga. Os preços variam entre os 63 euros, para crianças, e os 129 euros, para adultos.

DGS abre a porta à lotação máxima dos estádios


Num parecer técnico assinado pela diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, a DGS atualizou as orientações para lotação e medidas a adotar em recintos desportivos em ambiente fechado e em ambiente aberto.

No tópico sobre as recomendações específicas para o público, a DGS adianta que, doravante, "a ocupação dos lugares sentados pode ser em conformidade com a capacidade total licenciada do recinto".

Existem algumas restrições, no entanto. É sempre obrigatória a apresentação de certificado digital Covid-19 em vigor na União Europeia, assim como a utilização de máscara facial em permanência.

O campeonato arrancou com um máximo de 33% de lotação nos estádios. A 26 de agosto, face à evolução favorável da situação epidémica e da vacinação contra a Covid-19, a DGS alargou o limite para 50%.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+