Tempo
|
A+ / A-

Rúben Amorim diz que Sporting merecia vencer o clássico

11 set, 2021 - 23:34 • Redação

Treinador leonino desvaloriza desvantagem de quatro pontos para o Benfica e fala da estreia de Sarabia frente ao FC Porto.

A+ / A-

Rúben Amorim admite que o Sporting não teve sempre o controlo do clássico com o FC Porto, no entanto, considera que os leões foram melhores do que o habitual frente ao rival e mereciam os três pontos.

"Não controlámos o jogo como devíamos, mas merecíamos vencer, fomos melhores", sublinhou o treinador do Sporting, em conferência de imprensa, no final da partida da quinta jornada do campeonato.

Em declarações à Sport TV, Amorim destacou que o Sporting merecia ter ido para o intervalo "com um resultado mais volumoso".

"Gostei da personalidade da equipa, fomos melhores do que temos sido contra o Porto. O resultado não foi o melhor. Tivemos oportunidades, tivemos duas flagrantes. Queríamos vencer", sublinhou o técnico.

O FC Porto conseguiu um empate tardio, algo que Rúben Amorim explica com o facto de ser "uma equipa mais maduraa: "Nós vamos lá chegar, precisamos de jogos destes semana sim, semana não para crescer."

Sarabia precisa de andamento, desvantagem diz pouco


O clássico de Alvalade marcou a estreia de Pablo Sarabia, "um jogador com muita qualidade" a quem, no entanto, falta "algum andamento".

"Vai ganhar. Tem muita vontade, é muito humilde", vincou Amorim.

Sporting e FC Porto estão empatados em segundo, com quatro pontos de atraso para o Benfica. Rúben Amorim desvalorizou, recordando que, na última época, os leões desperdiçaram uma vantagem grande:

"No ano passado tivemos muitos pontos de avanço. Tudo pode mudar. Não queríamos deixar fugir, mas esta equipa não desiste."

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+