Tempo
|
Autárquicas 2021
36,77%
133Câmaras
15,27%
68Câmaras
11,56%
24Câmaras
7,53%
17Câmaras
5,73%
17Câmaras
3,86%
0Câmaras
2,29%
0Câmaras
1,75%
5Câmaras
0,88%
0Câmaras
10,22%
9Câmaras
  • Freguesias apuradas: 2961 de 3092
  • Abstenção: 44,61%
  • Votos Nulos: 1,62%
  • Votos em Branco: 2,52%

A+ / A-

Sporting campeão. "Só podia acabar assim, com sofrimento", diz Rúben Amorim

11 mai, 2021 - 22:38 • Redação

Treinador do Sporting elogios os jogadores "fantásticos" e diz que hoje lhe tiraram "um peso de cima".

A+ / A-
Foto: António Cotrim/Lusa
Foto: António Cotrim/Lusa

"Só podia acabar assim, com sofrimento, um golo do Paulinho e uma vitória em casa", declarou o treinador do Sporting, Rúben Amorim, após a conquista do título ao fim de 19 anos.

Amorim elogiou, em declarações SportTV, os "jogadores fantásticos" e a estrutura que ajudou a equipa ao longo de uma temporada histórica para os leões.

"O mérito todo é dos jogadores que acreditaram, que cresceram muito, que são muito humildes. Hoje foram mais duas horas de sofrimento. Fomos melhores, mas não conseguimos marcar um segundo golo e sofremos até ao fim", disse o técnico do Sporting.

"É um peso que realmente me tiram de cima. Queria muito ganhar este campeonato pelos jogadores, pelo clube e por razões que não são muito saudáveis. Já passou, este título tirou-me um peso de cima", frisou Rúben Amorim.

O técnico diz que sente "o clube de forma especial".

"Não vou a lado nenhum a não ser que paguem tudo. Isto tira-me um peso de cima e ainda vou trabalhar com mais prazer. Se a bola entra ou não, se somos campeões, é sorte e eu tenho muita sorte. Na próxima época começa tudo de novo e por isso é que o futebol é tão bonito. Isto pode virar outra vez. Para o ano se a bola não entrar já podemos ver lenços brancos para o treinador, frisou.

[em atualização]

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+