Tempo
|
A+ / A-

José Fernando Rio

"Saída de Sérgio Conceição seria trágica para o FC Porto"

16 set, 2022 - 12:45 • José Barata

José Fernando Rio diz que nem lhe passa pela cabeça a saída do treinador, apesar do ataque ao carro da família. Antigo candidato à presidência dos dragões acredita que Sérgio Conceição sabe que nação portista está ao seu lado.

A+ / A-

José Fernando Rio, ex-candidato à presidência portista, considera uma eventual saída de Sérgio Conceição seria uma tragédia para o FC Porto.

Em entrevista a Bola Branca, o antigo candidato à sucessão de Pinto da Costa diz estar convicto que Sérgio Conceição se vai manter no cargo, mesmo depois do apedrejamento do carro onde seguia a família, após a pesada derrota (4-0) na Liga dos Campeões com o Club Brugge. José Fernando Rio deseja que o treinador fique "por muitos anos":

"A saída de Sérgio Conceição não me passa pela cabeça, era uma perda enorme para o clube. Já é o treinador com mais tempo na história do Porto, mas acho que esta ligação deve continuar por muitos anos. Se o Sérgio Conceição saísse neste momento, seria trágico para o FC Porto."

No entanto, José Fernando Rio deixa em aberto o futuro de Sérgio Conceição se ocorrer um episódio idêntico ao de terça-feira.

"A família é sempre o valor mais importante que temos. Sabemos que o Sérgio Conceição dá muito valor à família e, se calhar, por isso é que ele se tem mantido no Porto e em Portugal. Agora, uma reação a um novo episódio é sempre imprevisível, mas julgo que a situação não vai voltar a acontecer, porque o Porto vai tomar medidas e os portistas estão em alerta, e não vão deixar que o trabalho de Sérgio Conceição seja perturbado", afirma o antigo candidato à presidência do Porto.

Sérgio Conceição não vai fazer a antevisão ao jogo com o Estoril Praia, agendado para sábado, a contar para a sétima jornada do campeonato.

José Fernando Rio entende que é uma forma de se proteger e de proteger a equipa, sabendo que os adeptos do FC Porto estão do seu lado.

"Não fazer a conferência de imprensa é uma forma de se resguardar e de resguardar os jogadores, depois do resultado com o Brugge e do ato isolado e vergonhoso que um ou dois energúmenos fizeram. Por isso, não falar aos jornalistas não é um alerta para os portistas, porque ele sabe que estão do lado dele", assegura.

Pressão extra não impede vitória

José Fernando Rio acredita que os jogadores poderão sentir pressão extra frente ao Estoril, mas têm tudo para conseguir os três pontos.

"Quando acontecem num curto período de tempo duas derrotas, pode causar alguma pressão extra. Mas é um jogo para ganhar, porque a equipa tem maturidade e jogadores experientes. Mas não está em causa mais nada do que os três pontos", conclui.

O Estoril-FC Porto está agendado para as 18h00 de sábado e terá relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+